Extrai colesterol, aumenta energia e emagrece: os benefícios do açaí à saúde

Por Thais Szëgo

O açaí é rico em antocianinas, combatendo radicais livres e reduzindo o desgaste celular.

iStock

Regulação Intestinal: A presença de fibras na fruta melhora o trânsito intestinal, contribuindo para uma digestão saudável.

iStock

Redução do Colesterol: Estudos mostram que fitoesteróis e antocianinas no açaí ajudam a reduzir o colesterol ruim (LDL).

iStock

Proteção Cardíaca e Circulação: Além de combater o LDL, o açaí controla a pressão arterial e melhora a circulação sanguínea.

iStock

Fonte de Energia Rápida: Rico em carboidratos e nutrientes, o açaí é ideal para um impulso de energia antes da atividade física.

iStock

Fortalecimento do Sistema Imunológico: A arabinogalactana presente estimula as defesas do corpo, aumentando sua eficácia contra infecções.

Getty Images/iStockphoto

Prevenção de Doenças Degenerativas: Antioxidantes do açaí combatem o estresse oxidativo e reduzem o acúmulo de beta-amilóide, vinculado ao Alzheimer.

iStock

Potencial Redutor de Risco de Câncer: Estudos indicam que antocianinas podem ser eficazes contra a leucemia e possivelmente outras formas de câncer.

iStock

Regulação Celular e Saciedade: Apesar de calórico, o açaí, por meio das antocianinas, regula células de gordura, auxiliando em dietas de controle de peso.

iStock

Prevenção da Osteoporose: Rico em cálcio e potássio, o açaí contribui para a saúde óssea, evitando a fragilidade dos ossos.

iStock

Estudos exploram possíveis efeitos contra o câncer de mama e melhora em casos de transtorno bipolar.

iStock

Recomenda-se um consumo moderado de 100 a 200 gramas, até três vezes por semana.

iStock

Cuidado ao escolher produtos industrializados, verificando os rótulos e a porcentagem real de fruta.

Divulgação

Consumido moderadamente e sem acompanhamentos calóricos, o açaí não causa ganho de peso significativo.

iStock

Para mais informações, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 07 de dezembro de 2023.