Foragido e devendo R$ 250 mil: a linha do tempo do caso Carlinhos Mendigo

Por Splash

O humorista Carlos Alberto da Silva, conhecido como Carlinhos Mendigo, foi preso na tarde de terça-feira (18) por dever pensão alimentícia ao filho Arthur, fruto do relacionamento com Aline Hauck.

Reprodução/Instagram

Em 2018, ele recebeu o primeiro mandado de prisão, já sob a acusação de não pagar a pensão do filho. Arthur, filho de Carlinhos com Aline, tem 14 anos.

Reprodução

À época, Carlinhos disse que não pagava a pensão desde janeiro, mas negou estar foragido. "Não estou foragido da polícia. Estou aqui na minha casa. Vamos nos informar aí."

Reprodução

Naquele ano, em entrevista ao Fofocalizando (SBT), ele disse que estava sem ver o filho.

Reprodução

"Um ano e nove meses que não conseguia conviver com o meu filho, mas pagava. Sou um cara correto. [...] Desde janeiro deste ano não pago. Não quero mandar só dinheiro, quero dar amor. Vou pagar na cadeia."

Reprodução

Aline rebateu o ex nas redes sociais que usava na época. Ainda no mesmo ano, ele voltou a afirmar que não pagaria a pensão, em entrevista ao Câmara Record.

Reprodução

"Se for para ser preso, eu vou, mas não vou mais pagar pensão para não ver meu filho. Não tenho medo de cadeia."

Reprodução

O pedido de prisão chegou a ser revogado porque Carlinhos pediu uma revisão do valor devido. Contudo, quatro anos depois, foi expedido novamente.

Reprodução

Em 2019, em entrevista ao Domingo Show, Aline falou sobre a batalha judicial com Carlinhos.

Reprodução

"Ninguém tem um filho para colocar no mundo para sofrer, passar situações desagradáveis. Mas sou eu que passo pelos problemas em casa."

Reprodução

Em 2022, a justiça voltou a decretar a prisão temporária pelo não pagamento da pensão.

Reprodução

Carlinhos estava foragido desde 2022. O mandado de prisão cumprido na terça-feira (18) foi emitido em 2023.

Reprodução

O humorista foi encaminhado para a 2ª delegacia da Divisão de Capturas do DOPE. Informações foram confirmadas pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Reprodução
Publicado em 20 de junho de 2024.