UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2012/01/16/ronaldo-usa-chavoes-e-fala-pouco-em-coletiva-sobre-copa-do-mundo-de-2014.htm
  • Ronaldo usa chavões e fala pouco em coletiva sobre Copa do Mundo de 2014
  • 18/09/2019
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Ronaldo participou de primeiro evento como membro do Comitê Organizador da Copa

Ronaldo participou de primeiro evento como membro do Comitê Organizador da Copa

16/01/2012 - 16h32

Ronaldo usa chavões e fala pouco em coletiva sobre Copa do Mundo de 2014

Fábio Brandt
Do UOL, em Brasília

O ex-jogador de futebol Ronaldo Nazário falou o mínimo possível e usou chavões para tratar da Copa de 2014 em seu primeiro evento relevante como integrante do Comitê Organizador Local. Em Brasília, ele concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (16) ao lado do secretário geral da Fifa, Jerôme Valcke, e do ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

 

Ronaldo foi questionado sobre qual é sua função no Comitê Organizador. Ele disse que “é fazer com que o brasileiro acredite nisso [na realização da Copa no Brasil], que o brasileiro fique orgulhoso de receber a Copa do Mundo”. Depois, Jerôme Valcke também foi questionado sobre a função de Ronaldo, mas se limitou a dizer que o ex-jogador é quem deve responder à questão.

 

Sobre atrasos em obras e outras dificuldades que atrasam a organização da Copa, Ronaldo também foi econômico. Tentou se livrar do embaraço apelando para a simpatia brasileira: “Eu sou muito otimista. Primeiro porque eu sou brasileiro e não lembro de o brasileiro ter fracassado alguma vez em situações como essa. Copa do Mundo é um evento gigantesco. Nós vamos demonstrar que, além de bons de bola, nós somos bons organizadores e vamos fazer a melhor Copa do Mundo de todos os tempos”, disse.

 

Ao falar mais diretamente sobre a polêmica entre Fifa e governo, que atrasa a aprovação da Lei Geral da Copa no Congresso, Ronaldo usou o discurso que vem sendo repetido pelas autoridades: “o Comitê [Organizador Local], a Fifa e o governo estão absolutamente unidos”.

Placar UOL no iPhone