UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/10/04/mesmo-sem-financiamento-obras-da-arena-da-baixada-tem-pontape-incial.htm
  • Mesmo sem financiamento, obras da Arena da Baixada têm pontapé inicial
  • 12/07/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Luciano Ducci, Beto Richa (centro) e Petraglia no lançamento das obras da Arena

Luciano Ducci, Beto Richa (centro) e Petraglia no lançamento das obras da Arena

04/10/2011 - 12h05

Mesmo sem financiamento, obras da Arena da Baixada têm pontapé inicial

Do UOL Esporte*
Em Curitiba

Em evento que teve a presença do governador do Paraná, Beto Richa, e do prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, foi dado, na manhã desta terça-feira, o pontapé inicial nas obras do estádio Arena da Baixada, visando a Copa do Mundo de 2014. Os trabalhos de conclusão do estádio têm o seu início com seis meses de atraso, em relação ao prazo inicial, previsto para abril.

As obras começam ainda envoltas em algumas dúvidas, que não foram totalmente esclarecidas. Por exemplo: ainda não se sabe exatamente de onde virá dinheiro para a conclusão do estádio, nem foi formada a Sociedade de Propósito Específico (SPE), pessoa jurídica necessária para que sejam liberados os empréstimos.

Em rápida entrevista, no canteiro das obras,  o ex-presidente do clube Mário Celso Petraglia e agora chefe da comissão de obras, confirmou que o orçamento total será de R$ 180 milhões. Ele disse que, neste primeiro momento, os trabalhos estão sendo custeados com recursos próprios do clube, mas não entrou em mais detalhes.

"O Brasil todo estava preocupado, falando que o Paraná era o mais atrasado, mas hoje passamos a ser o Estado mais avançado, porque temos um estádio com 60% das obras prontas", disse o governador Beto Richa, que operou por alguns minutos uma retroescavadeira, dando início simbólico às obras.

O fato é que, desde segunda-feira, já começou a movimentação de operários e máquinas num terreno vago, atrás do setor de cadeiras da rua Brasílio Itiberê. As intervenções no estádio propriamente dito devem começar apenas no início do ano que vem.

O cronograma inicial das obras será de 90 dias sem necessidade de fechamento do estádio para os jogos do Atlético. Neste período, acontecerão serviços de escavações, remoção de terra, contenções e fundações no terreno ao lado do estádio. A previsão de fechamento total do estádio  é dia 10 de dezembro de 2011.

A conclusão das obras está prevista para dezembro de 2012 e a inauguração, entre 26 e 29 de março de 2013. 

*Atualizada às 13h14

Placar UOL no iPhone