UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/08/12/divisao-politica-ameaca-atrasar-ainda-mais-obras-da-arena-da-baixada.htm
  • Divisão política ameaça atrasar ainda mais obras da Arena da Baixada
  • 21/05/2024
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
12/08/2011 - 13h34

Divisão política ameaça atrasar ainda mais obras da Arena da Baixada

Do UOL Esporte
Em Curitiba

A divisão política no Atlético-PR ameaça atrasar ainda mais o início das obras da Arena da Baixada, para a Copa do Mundo de 2014. Após a aprovação, pelo Conselho Deliberativo, do projeto para a reforma, o presidente do clube, Marcos Malucelli, enviou ao conselho uma carta fazendo 32 questionamentos sobre a nova modelagem, que tem à frente o ex-presidente Mário Celso Petraglia, seu adversário.

Segundo o jornal Gazeta do Povo, o documento foi recebido pelo presidente do Conselho, Gláucio Geara, que o encaminhou à comissão que ficará encarregada das obras e é encabeçada por Petraglia. Geara também questiona Petraglia sobre um pedido de “poderes” para comandar as obras encaminhado por este ao Conselho.

Entre outros pontos, Malucelli quer esclarecimentos sobre o orçamento da obra, proposto pelo desafeto, e sobre a constituição da Sociedade de Propósito Específico (SPE), que será formada para que o clube possa receber os empréstimos e gerir a obra.

Nesta semana, o site oficial do Atlético publicou uma nota oficial, no qual o conselho administrativo, presidido por Malucelli, praticamente se exime da responsabilidade pelo andamento das obras.

"A partir desse momento, todas as gestões referentes à negociação, viabilização e implementação do cronograma de obras do projeto executivo para finalização da Arena para a FIFA com vistas ao Mundial de 2014 são de responsabilidade do Conselho Deliberativo e da Comissão de Assuntos Copas 2013/2014, que implementará o modelo econômico definido democraticamente pelo pleno conforme votação", diz o comunicado. 

Em sua conta no Twitter, Mário Celso Petraglia reagiu, e acusou Geara e Malucelli de tantar atrapalhar o andamento das obras.

“A adm+chuteiras [situação] não cumpre a decisão soberana do CD [Conselho Deliberativo] que aprovou a proposta de autogestão. Buscaremos uma solução, porém, o que a adm+chuteiras pretende é retardar o máximo para perdermos a Copa das Confederações! Absurdo!”,  comentou. 

Placar UOL no iPhone