Suga colesterol e reduz risco de câncer: os benefícios do pequi para a saúde

Por Cecilia Felippe Nery

O pequi atua como antioxidante, combatendo o envelhecimento e prevenindo doenças relacionadas à visão, pele e fortalecendo a imunidade.

iStock

Sua polpa é rica em fibras, vitaminas do complexo B, vitamina C, cálcio, magnésio, fósforo, cobre, ferro, potássio, compostos fenólicos e carotenoides, suprindo diversas necessidades nutricionais.

Rodrigo Bark/Getty Images

O óleo de pequi, extraído da polpa, é rico em ácido oleico (ômega 9), reduzindo o colesterol "ruim" (LDL), pressão arterial e triglicerídeos.

iStock

Pesquisas indicam que o óleo de pequi pode ter um efeito protetor, reduzindo lesões pré-tumorais no fígado em camundongos.

iStock

O pequi, devido à presença de ácidos graxos benéficos, auxilia no controle do colesterol.

iStock

Além do colesterol, o óleo da polpa do pequi contribui para a redução da pressão arterial.

iStock

Composta por uma variedade de nutrientes, a fruta é uma fonte abrangente de vitaminas e minerais essenciais.

Getty Images/iStockphoto

A alta quantidade de vitamina C impulsiona o sistema imunológico e contribui para a saúde vascular.

iStock

Compostos fenólicos conferem forte ação antioxidante, combatendo radicais livres e prevenindo flacidez e rugas.

Svitlana Hulko/ iStock

A ação antioxidante ajuda a proteger contra o desenvolvimento de tumores, danificando os radicais livres.

iStock

Antioxidantes têm a capacidade de prevenir doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer.

iStock

O potássio presente no pequi relaxa as paredes dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação.

iStock

Estudos indicam que o consumo de pequi associado a dietas ricas em gorduras e açúcares pode aumentar o risco cardíaco, enfatizando a importância de uma dieta equilibrada.

iStock

Para mais informações, acesse VivaBem.

Getty Images/iStockphoto
Publicado em 10 de novembro de 2023.