UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2012/01/30/relator-da-lei-geral-da-copa-acredita-em-aprovacao-ate-marco-cerveja-deve-ser-liberada.htm
  • Relator da Lei Geral da Copa acredita em aprovação até março; cerveja deve ser liberada
  • 12/06/2024
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Deputado Vicente Candido diz que venda de cerveja deve ser liberada

Deputado Vicente Candido diz que venda de cerveja deve ser liberada

30/01/2012 - 18h16 / Atualizada 30-01-2012

Relator da Lei Geral da Copa acredita em aprovação até março; cerveja deve ser liberada

Vinicius Konchinski
Do UOL, em São Paulo

O relator do projeto da Lei Geral da Copa, deputado federal Vicente Cândido (PT-SP), afirmou nesta segunda-feira que acredita que a proposta seja aprovada pelo Congresso até março, assim como pediu o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, em sua visita ao Brasil. Para Cândido, apenas alguns detalhes precisam ser definidos para que um acordo adiante a tramitação do projeto.

Segundo o deputado, esses detalhes devem ser definidos no início de fevereiro, quando deputados e senadores voltarem ao trabalho. Assim, logo depois do carnaval, o projeto deve ser votado na Câmara e seguir para o Senado. “No Senado, as coisas costumam andar mais rápido”, complementou Cândido, confiante na aprovação da proposta.

O deputado acompanhou a visita do ministro Aldo Rebelo ao canteiro de obras do Itaquerão. Lá, durante entrevista coletiva, o próprio ministro convocou Cândido a dar explicações sobre as discussões a respeito da Lei Geral da Copa no Congresso Nacional.

De acordo com o deputado, um dos pontos que precisa de uma definição é a questão das meias-entradas para idosos e estudantes. Para o deputado, o mais provável é que essa categoria de torcedores seja incluída no grupo de pessoas com direito a comprar os ingressos a preços populares.

Já sobre a liberação da venda de bebida nos estádios, Cândido afirmou que o Brasil deve adotar o modelo inglês. Nele, a venda de cerveja é permitida dentro de bares instalados em estádios. O consumo, porém, será liberado somente nessas áreas. “O torcedor não poderá beber na arquibancada de jeito nenhum.”

Cândido disse também que o artigo da Lei Geral da Copa que fala das bebidas vai alterar o Estatuto do Torcedor definitivamente. Com isso, a mesma regra sobre a venda de cerveja que será aplicada na Copa servirá para todos os jogos de futebol no Brasil.

Placar UOL no iPhone