UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2012/01/11/blatter-se-reune-com-romario-e-tentara-se-aliar-a-inimigos-de-teixeira-diz-jornal.htm
  • Blatter se reúne com Romário e tentará se aliar a inimigos de Teixeira, diz jornal
  • 22/05/2024
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
11/01/2012 - 08h40

Blatter se reúne com Romário e tentará se aliar a inimigos de Teixeira, diz jornal

Do UOL, em São Paulo
  • Presidente da Fifa, Joseph Blatter, recebe Romário na sede da entidade em Zurique, na última terça

    Presidente da Fifa, Joseph Blatter, recebe Romário na sede da entidade em Zurique, na última terça

Romário esteve na sede da Fifa em Zurique, na última terça-feira, para uma reunião com Joseph Blatter, presidente da entidade. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o ex-jogador faria parte de um grupo de inimigos de Ricardo Teixeira, presidente da CBF e seu desafeto, que o cartola suíço quer reunir.

“Chegou a hora de fechar um acordo”, disse Romário ao jornal na saída da reunião. A ideia da Fifa é adiantar as negociações sobre a Lei Geral da Copa, que segue travada na Câmara. O documento deve deliberar sobre limites aos parceiros de marketing da Fifa, divisão de ingressos e temas polêmicos como a liberação de bebidas alcoolicas em estádios.

Além disso, segundo a publicação, a Fifa teria interesse em se aliar a Romário e outros desafetos de Teixeira para enfraquecê-lo. Antes aliado de Blatter, o cartola brasileiro apoiou o qatari Mohammed bin Hamman nas últimas eleições presidenciais e tornou-se um dos principais alvos do presidente da entidade-mor do futebol mundial.

Na última segunda, Blatter já havia se reunido com Pelé, representante do Governo Federal na festa de gala da Fifa, que premiou Lionel Messi como o melhor do mundo. Desde que assumiu o poder, a presidente Dilma Rousseff não lida diretamente com Ricardo Teixeira como fazia Lula, seu antecessor.

Por isso, a aproximação com a equipe da presidente é vista com bons olhos pela Fifa, que passou a lidar diretamente com o Governo Federal. Blatter também desejaria uma mudança na configuração do Comitê Organizador Local (COL), hoje presidido por Ricardo Teixeira e que tem o ex-jogador Ronaldo como uma espécie de “escudo”.

Segundo O Estado de S. Paulo, Romário defende um técnico no assunto na presidência, com “cinco ou seis ex-jogadores” o auxiliando. Um desses nomes seria Cafu, cujo envolvimento com o COL teria chegado até aos ouvidos de Umberto Gandini, diretor do Milan, que teria tentado confirmar a informação durante a festa da Fifa.

O ex-jogador disse também não acreditar que todas as obras da Copa estarão prontas a tempo do evento. "Dos estádios, talvez dez dos 12 estejam prontos. Já quanto as obras de mobilidade, creio que nenhuma das cidades irá terminar todas a tempo. E os aeroportos vão levar a situação ao limite para fzer contratos de emergência sem licitação".

Placar UOL no iPhone