UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/12/20/comite-2014-desmente-blatter-e-diz-que-ricardo-teixeira-segue-atuante-na-fifa.htm
  • Comitê-2014 desmente Blatter e diz que Ricardo Teixeira segue atuante na Fifa
  • 21/05/2024
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
20/12/2011 - 10h00

Comitê-2014 desmente Blatter e diz que Ricardo Teixeira segue atuante na Fifa

Gustavo Franceschini
Em São Paulo
  • Ricardo Teixeira não está fora da Fifa ou do COL, segundo Rodrigo Paiva; Blatter disse o contrário

    Ricardo Teixeira não está fora da Fifa ou do COL, segundo Rodrigo Paiva; Blatter disse o contrário

O Comitê Organizador Local da Copa de 2014 (COL) negou as declarações de Joseph Blatter, que disse que Ricardo Teixeira tinha se licenciado da organização do Mundial e da própria Fifa. Segundo Rodrigo Paiva, diretor de comunicações do Comitê e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o cartola brasileiro segue trabalhando normalmente.

“A única licença formal tirada pelo presidente se deu na CBF. Com relação à Fifa, ele apenas informou formalmente que não iria ao Japão. Nada além disso. O COL entrou de férias sem alteração nenhuma na sua estrutura”, disse Paiva, por e-mail.

A confusão começou no último sábado, quando Blatter se pronunciou após a reunião do Comitê Executivo da Fifa no Japão, sede do Mundial de Clubes. O presidente da entidade cobrou pressa na organização da Copa de 2014, prometeu uma reunião com Dilma Rousseff no começo de 2012 e falou sobre o rival político Ricardo Teixeira.

“O sr. Teixeira pediu para sair até o fim de janeiro. Até lá ele está fora da Fifa e do Comitê Organizador de 2014. No fim de janeiro nós voltaremos a esse assunto”, disse Blatter, em uma coletiva de imprensa.

A disputa entre os dois cartolas tem se intensificado nos últimos meses. Antes aliados, Teixeira e Blatter romperam após o brasileiro apoiar o qatari Mohammed Bin-Hammam na última eleição da Fifa.

Há poucas semanas, Blatter ameaçou divulgar os nomes dos dirigentes que participaram do escândalo de corrupção da ISL, antiga parceira de marketing esportivo da Fifa. Alguns cartolas foram condenados pela Justiça suíça, admitiram a culpa e devolveram o dinheiro de propina recebido, mas conseguiram vetar a divulgação do resultado da investigação.

Segundo a rede de notícias inglesa BBC, Ricardo Teixeira e João Havelange seriam os dirigentes em questão. A ideia de abrir o processo para o público, no entanto, foi paralisada. Segundo Blatter, a Justiça suíça não liberou a Fifa a publicar os nomes.  

Placar UOL no iPhone