UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/12/01/ronaldo-vira-escudo-de-teixeira-e-assume-funcao-de-diplomata-da-copa-de-2014.htm
  • Ronaldo vira escudo de Teixeira e assume função de diplomata da Copa de 2014
  • 26/01/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Ronaldo e Teixeira serão dois dos três membros do conselho administrativo do COL

Ronaldo e Teixeira serão dois dos três membros do conselho administrativo do COL

01/12/2011 - 12h20

Ronaldo vira escudo de Teixeira e assume função de diplomata da Copa de 2014

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Ronaldo não sabe direito o que fará na prática na organização da Copa do Mundo de 2014, mas foi oficializado nesta quinta-feira como membro do Conselho Administrativo do Comitê Organizador Local (COL). Ele será o rosto "bonito" da Copa no Brasil, exercendo um papel de executivo e diplomata: sua grande missão é aproximar o povo brasileiro e aliviar o clima de desconfiança e suspeitas sobre as operações do Mundial. Ele já avisou que não receberá salário da CBF e que não se licenciará da 9ine, sua empresa de marketing esportivo.

RONALDO NÃO VÊ CONFLITO E VAI CONTINUAR NA 9INE

Ronaldo seguirá sua vida de empresário normalmente, mesmo com um cargo no Conselho Administrativo do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014. Questionado sobre um suposto conflito de interesses com suas atividades atuais, ele negou e disse que vai se manter no comando da agência 9ine.

Na prática, Ronaldo será o rosto agradável do Comitê. Usará seu carisma em entrevistas e trabalhará para construir uma imagem positiva das operações do Mundial. Ricardo Teixeira, presidente do COL, é uma figura pública, mas que desperta pouca empatia diante do povo brasileiro. Trabalhará nos bastidores, como já faz desde o início.

Como repetiu diversas vezes na entrevista coletiva desta quinta, Ronaldo terá a missão de "aproximar as pessoas". Ou seja, irá batalhar para contornar o desgaste que se tornou nítido entre Ricardo Teixeira e o governo federal. A presidente Dilma Rousseff endureceu na relação com o dirigente, que passou a encontrar dificuldades até para marcar audiências com a presidente.

"Seremos em três no conselho, tomaremos essas decisões em conjunto. Vou trabalhar como a voz do comitê", disse Ronaldo, explicando na sequência que Ricardo Teixeira será outro membro do conselho. O terceiro integrante ainda está indefinido.

Ao anunciar Ronaldo, Ricardo Teixeira falou em "momento de conciliação e de um grande mutirão nacional para fazer a maior e mais bonita Copa de todos os tempos." Alvo de graves denúncias e em rota de colisão com a cúpula da Fifa, Teixeira sentiu que o momento era de tentar descentralizar a direção do COL, em tentativa de amenizar o clima de desconfiança que paira sobre a organização da Copa.

O Fenômeno entendeu o recado. "Esse é o momento ideal para aproximar todas as partes envolvidas nesse processo", resumiu o ex-atacante, em tom apaziguador.

"Para mim é uma honra enfrentar esse desafio e passar otimismo ao povo brasileiro, mostrar o orgulho que essa Copa no Brasil representa. Essa Copa não é da Fifa, da CBF, do Comitê ou do governo. Essa Copa do Mundo é do povo", emendou Ronaldo.

ACOMPANHE COMO FOI A APRESENTAÇÃO DO FENÔMENO NO COL

 

COM A PALAVRA, RONALDO

A ESCOLHA
Pensei bastante, cheguei à conclusão que não tinha nada a ganhar, só tinha a perder. Mas a minha ambição é de que as pessoas se aproximem.
INFLUÊNCIAS
No comitê, não tenho nada a ver com a seleção brasileira, nem com escolha de jogadores, independente da minha amizade com o Mano e com o Andrés.
CARREIRA DE EMPRESÁRIO
Não vou me licenciar da 9ine, minha vida vai continuar normal. Não há nenhum tipo de conflito de interesses.
REMUNERAÇÃO
No conselho, tem no contrato social, uma remuneração. Adianto a vocês que eu abro mão, conversando com o Ricardo. Meu compromisso é com o povo.
RELAÇÃO COM TEIXEIRA
Nossa relação é a melhor possível. Aquela pequena briga foi um momento isolado. Eu e a mulher brigamos toda hora, e nem por isso deixo de amá-la.
MOMENTO DELICADO?
Não há crise. Há muita desinformação. E picuinhas. Todo o cronograma está sendo seguido normalmente.
PRIORIDADES
Não faz Copa do Mundo com hospital. Tem que ter estádio. Tem que ver o que vocês querem. Muitos estádios estão sendo financiados pelo BNDES.
O LEGADO
O legado fará o nosso povo se sentir orgulhoso de pagar imposto, realmente vão ser feitas coisas importantes.

Placar UOL no iPhone