UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/11/30/investimento-milionario-e-lobby-do-vinho-poem-cidade-da-serra-gaucha-no-mapa-da-copa.htm
  • Investimento milionário e 'lobby do vinho' põem cidade da serra gaúcha no mapa da Copa
  • 26/01/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Bento Gonçalves já recebeu as pré-temporadas de Internacional e Grêmio

Bento Gonçalves já recebeu as pré-temporadas de Internacional e Grêmio

30/11/2011 - 06h00

Investimento milionário e 'lobby do vinho' põem cidade da serra gaúcha no mapa da Copa

Thales Calipo
No Rio de Janeiro

Porto Alegre é a sede mais atrasada para a Copa do Mundo de 2014, como afirmou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, na última segunda-feira. Em compensação, uma cidade do estado tem sido, até aqui, o grande destaque entre as postulantes a abrigar uma seleção durante o Mundial. Com investimentos fartos e o apoio de uma forte indústria local, Bento Gonçalves, na serra gaúcha, vem ganhando importância nesta corrida paralela.

A primeira ponta dos investimentos sai dos cofres públicos. A prefeitura, com apoio estadual e federal, pretende direcionar até R$ 300 milhões em obras de infraestrutura e capacitação. A conta, no entanto, compreende os trabalhos atuais e, de acordo com Ivane Fávero, secretária municipal de Turismo, a tendência é que esse número fique maior.

“Esse valor supera o orçamento do município, que gira em torno de R$ 200 milhões. Mesmo assim, a expectativa é que os investimentos cresçam ainda mais, de acordo com os projetos aprovados”, explicou a secretária municipal.

Mas não basta o dinheiro público para que a cidade, que no início do ano costuma receber as pré-temporadas de Grêmio e Internacional, seja oficialmente envolvida com a Copa do Mundo. E, ciente disso, Bento Gonçalves resolveu aproveitar a força de um dos principais setores da sua economia: os produtores de vinho.

A cidade gaúcha concentra em torno de 32 fabricantes, incluindo alguns dos grandes nomes do mercado brasileiro. E é com essa força que Bento Gonçalves conta para expandir ainda mais seu projeto de Copa do Mundo, mesmo fora do ambiente esportivo. Uma das táticas utilizadas, por exemplo, é pegar carona em feiras especializadas em vinho para divulgar a bebida e, também, a campanha pelo Mundial.

O inverso também acontece. Durante a Soccerex, convenção de negócios do futebol que termina nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, a indústria local ajudou a financiar a participação da cidade no evento. Porém, para difundir ainda mais o nome de Bento Gonçalves, um acordo foi fechado para que o vinho oficial do evento fosse, justamente, o fabricado no município gaúcho, potencializando ainda mais a exposição do projeto.

“Óbvio que foi uma construção, pois precisamos mostrar que o mundo do futebol transcende os estádios e o que imaginam treinadores e jogadores. O mundo do futebol pode se beneficiar de todos os setores do Brasil, e entre eles está o de vinhos. O que temos feito é estarmos juntos, dividindo custos e viabilizando a presença de Bento Gonçalves no maior número de locais possível”, completou a secretário de Turismo do município.

Pelo cronograma do Comitê Organizador Local (COL), todas as cidades que se candidataram a receber seleções passarão pela primeira fase de escolha até o final de março do próximo ano. A segunda versão sairá no segundo semestre de 2012 e a lista final será conhecida em janeiro de 2013.

Placar UOL no iPhone