UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/11/11/pelas-eliminatorias-argentina-tenta-reabilitacao-contra-pedra-no-sapato-bolivia.htm
  • Pelas eliminatórias, Argentina busca reabilitação contra 'pedra no sapato' Bolívia
  • 22/05/2024
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Messi e Aguero formarão com Higuain o trio de ataque contra os bolivianos

Messi e Aguero formarão com Higuain o trio de ataque contra os bolivianos

11/11/2011 - 06h00

Pelas eliminatórias, Argentina busca reabilitação contra 'pedra no sapato' Bolívia

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O retrospecto da Argentina contra os bolivianos nas duas últimas partidas não é dos melhores. Um empate em 1 a 1, na rodada inicial da Copa América e uma vexaminosa derrota por 6 a 1, em 2009, não condizem com a facilidade encontrada em ocasiões passadas. Nesta sexta-feira, às 18 horas, pela terceira rodada das Eliminatórias da Copa-2014, a seleção argentina tem novamente a Bolívia pela frente e com Lionel Messi tentará apagar os maus resultados recentes.

Se a Bolívia tem se mostrado um problema para os argentinos, a pressão por uma vitória será maior desta vez. Isso porque, na última rodada, os argentinos sofreram uma derrota inédita para a Venezuela. Com a seleção argentina em baixa, os torcedores não se entusiasmaram para a partida e o Monumental não deve estar lotado, assim como aconteceu na primeira rodada contra o Chile.  Dos 41 mil ingressos colocados a venda, apenas 22 mil haviam sido negociados até quinta-feira.

Para o jogo, Sabella não poderá contar com Di Maria, do Real Madrid, com uma lesão na coxa esquerda. Messi, apesar de ter sido poupado em alguns treinos, tem presença garantida no ataque ao lado de Gonzalo Higuain e Sergio Aguero. Mascherano, que poderia ser utilizado na zaga, deve mesmo compor o meio campo com Gago.

Há 15 jogos sem vencer, a Bolívia quer surpreender novamente os argentinos e conseguir, pelo menos, um empate no Monumental.  Para isso, o técnico Gustavo Quinteros sabe que precisa para o melhor jogador do mundo. “Messi deve ser controlado na área em que ele atua, sem precisar de marcação individual, mas sendo firme e sem má intenção.”

As eliminatórias sul-americanas para a Copa-2014 mantêm o formato das disputas anteriores: todas as seleções se enfrentam em turno e returno, por pontos corridos. Desta vez, porém, o torneio tem nove participantes – país-sede do Mundial, o Brasil não participa da competição. Nesta rodada, a seleção peruana folgará.

20h, URUGUAI X CHILE

Considerado o melhor time sul-americano da atualidade, os uruguaios lideram as eliminatórias com quatro pontos. Com Forlán lesionado, o técnico Oscar Tabarez deve apostar na dupla de ataque formada por Luis Suarez e Edinson Cavani. Caso opte por um time mais ofensivo, o treinador pode escalar o atacante do Botafogo, Loco Abreu. Do outro lado, o técnico chileno, Claudio Borghi, também tem problemas, já que afastou cinco jogadores por chegarem atrasados na concentração. Valdívia, do Palmeiras, foi um deles. Para recompor o elenco, o treinador convocou cinco atletas que atuam no país.

22h, PARAGUAI x EQUADOR

Após uma derrota para o Peru e um empate com os uruguaios, o Paraguai recebe o Equador buscando sua primeira vitória nas eliminatórias. O técnico Francisco Arce, ex-lateral que fez história no Palmeiras e Grêmio, tem poucas dúvidas sobre o time que mandará a campo. Com Barrios, fora da forma física ideal, o ataque deve ter Haedo Valdez e Luis Nery, enquanto Sergio Aquino deve substituir Barreto no meio-campo. Já o Equador busca sua segunda vitória em dois jogos. O técnico Reinaldo Rueda não poderá contar com artilheiro Christian Benitez. Desde que o treinador assumiu, Benitez marcou 11 gols em 21 jogos.

22h, COLÔMBIA x VENEZUELA

Como folgou na primeira rodada, a Colômbia faz apenas seu segundo jogo na competição. Na única partida que fez, vitória por 2 a 1 contra os bolivianos, em La Paz. O principal nome da seleção está fora da partida. Durante os treinamentos, Falcão Garcia (foto) sentiu uma lesão na coxa esquerda e ficará 15 dias afastado. O ex-palmeirense Armero é presença confirmada. Embalada após vencer a Argentina e obter a quarta colocação na Copa América, a Venezuela quer aproveitar o bom momento para tentar sua primeira classificação para uma Copa do Mundo. Amorabieta, autor do gol contra os argentinos, está confirmado.

 

Placar UOL no iPhone