UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/10/10/subcomissao-parlamentar-ve-problema-em-aeroportos-de-todas-as-cidades-sede-da-copa.htm
  • Subcomissão parlamentar vê problemas em aeroportos de todas as cidades-sede da Copa
  • 04/07/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Filas no terminal de Cumbica, em Guarulhos

Filas no terminal de Cumbica, em Guarulhos

10/10/2011 - 14h32

Subcomissão parlamentar vê problemas em aeroportos de todas as cidades-sede da Copa

Do UOL Esporte*
Em São Paulo

A situação dos aeroportos é considerada crítica em todas as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Além disso, todas elas apresentam problemas de mobilidade urbana, com obras bastante atrasadas, de acordo com a Subcomissão Parlamentar Temporária Copa 2014, Olimpíada e Paraolimpíada 2016.

Os integrantes da comissão estiveram pela manhã na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) em um fórum, onde ouviram das autoridades locais um relato sobre a situação das obras de estrutura e mobilidade urbana, além de tirarem dúvidas. O Rio é a 11ª cidade visitada pela comissão. Belo Horizonte, Manaus e Fortaleza são as cidades mais preocupantes.

O deputado federal Romário (PSB-RJ), que coordena o fórum no Rio de Janeiro, disse que se não houver celeridade nas obras será inviável ter aeroportos aptos a receber o público, em 2014. “Nenhuma das cidades está dentro do prazo. O Brasil, lá atrás, tinha condições de fazer a melhor Copa de todos os tempos. Infelizmente, talvez por problemas políticos, obras que ainda nem começaram já deveriam estar na metade, e a [população] está pagando por isso.”

Romário também criticou a posição de submissão do Brasil em relação à Fifa, que rejeita a concessão da meia-entrada para os jogos de 2014. “Esta não será a Copa do povo brasileiro. As classes A e B não terão problema, verão os jogos, mas as C, D e E, talvez não tenham a oportunidade de ver nenhum jogo, porque R$ 150 para quem ganha salário mínimo fica difícil. Se não mudarem essa mentalidade e colocarem a Fifa no seu lugar, a Copa do Mundo será do jeito que a Fifa quer e não do jeito que o Brasil tem que fazer.”

Os deputados elogiaram o andamento das obras dos estádios, que estão, na maioria, dentro do prazo. As cidades de Curitiba e Natal apresentam mais atrasos, segundo o vice-presidente da comissão, o deputado federal Valadares Filho (PSB). “Brasília é a única cidade que terá seu estádio concluído até 2013. E a ideia é que a comissão aponte os problemas, cobre e ajude a priorizar as ações.”

Na parte da tarde desta segunda-feira, a comissão visita o Maracanã e o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, o Galeão. A última cidade a ser visitada pela comissão será São Paulo, no dia 24 de outubro. Uma nova comitiva será formada com o mesmo ciclo de visitas em 2012, para acompanhar o andamento das obras.

* Com informações da Agência Brasil

Placar UOL no iPhone