UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/08/10/bndes-ja-tem-r-348-milhoes-empenhados-em-projetos-de-hotelaria-para-a-copa-do-mundo.htm
  • BNDES já tem R$ 348 milhões empenhados em projetos de hotelaria para a Copa do Mundo
  • 21/05/2024
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
10/08/2011 - 11h29

BNDES já tem R$ 348 milhões empenhados em projetos de hotelaria para a Copa do Mundo

Vinícius Segalla
Em São Paulo

O programa BNDES ProCopa Turismo, que empresta dinheiro a juros subsidiados para empreendimentos de hotelarias voltados para a Copa do Mundo de 2014,  encerrou o mês de julho com carteira de R$ 348,4 milhões, valor R$ 4,7 milhões superior à posição do mês anterior. Deste montante, R$ 211 milhões referem-se a operações já aprovadas.

Os outros R$ 137,4 milhões são relativos a pedidos de financiamento ainda em análise pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). As informações são da própria instituição.

Tais pedidos são referentes a projetos no Nordeste (R$ 57,2 milhões), no Sudeste (R$ 75,5 milhões) e no Centro-Oeste (R$ 4,7 milhões). Dentre os projetos em análise pelo banco, R$ 89,3 milhões serão utilizados (caso venham a ser aprovados) na construção de novos hotéis e R$ 48,1 milhões na reforma de empreendimentos já existentes.

Levando-se em conta apenas os R$ 89,3 milhões referentes à implantação de novas plantas, a previsão é a de que eles viabilizem um acréscimo de 688 unidades habitacionais ao parque hoteleiro nacional.

Se a esse número forem somados os 995 novos quartos que serão viabilizados pelas operações já aprovadas, a carteira atual do programa acrescentará 1683 leitos ao mercado (além dos 346 que serão reformados caso todos os projetos em análise sejam aprovados). Levando-se em conta que os financiamentos do BNDES não cobrem 100% dos custos totais dos projetos (e que, portanto, os empreendedores precisam dispor de outras fontes de recursos), o banco estatal calcula que os R$ 348,4 milhões na carteira do BNDES ProCopa Turismo correspondem, até o momento, a um investimento total de R$ 521,3 milhões na renovação do parque hoteleiro do Brasil.

Outro programa do banco, o BNDES ProCopa Arenas, voltado para a construção dos estádios que serão usados na Copa, fechou o mês de julho com desembolsos de R$ 133,5 milhões. O Estado de Mato Grosso, cujo financiamento contratado com o banco é de R$ 392,3 milhões, recebeu uma primeira parcela de R$ 57 milhões.

Já o Estado da Bahia, que tem operação contratada no valor de R$ 323,7 milhões, recebeu R$ 64,7 milhões. Os valores se somam aos R$ 11,8 milhões que já haviam sido liberados para o Amazonas, destinados à elaboração do projeto executivo da arena.

Placar UOL no iPhone