UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/08/01/governo-prepara-lista-de-100-possiveis-subsedes-da-copa-14-para-enviar-a-fifa.htm
  • Governo prepara lista de 100 possíveis subsedes da Copa-14 para enviar à Fifa
  • 28/02/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
01/08/2011 - 12h37

Governo prepara lista de 100 possíveis subsedes da Copa-14 para enviar à Fifa

Vinícius Segalla
No Rio de Janeiro
  • Ministro afirmou que ainda há tempo para evitar que número de sedes da Copa-14 seja reduzido

    Ministro afirmou que ainda há tempo para evitar que número de sedes da Copa-14 seja reduzido

O Ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou nesta segunda-feira, em um evento da Petrobras no Rio de Janeiro, que o governo irá criar nas próximas semanas uma lista de 100 cidades para oferecer à Fifa como possíveis subsedes para a Copa do Mundo de 2014.

As subsedes servem para receber as seleções participantes da competição, e cabe às delegações de cada país a escolha final de onde ficar. "A Fifa fez uma pré-lista de 150 cidades, e vamos reduzi-la a 100 municípios", disse o ministro, sem informar os nomes das cidades.

Orlando Silva falou também a respeito da preparação para a Copa na cidade de Cuiabá. Lá, o governo estadual está disposto a substituir o modal que receberia investimentos do Ministério das Cidades (R$ 450 milhões) dentro do plano de mobilidade urbana montado pelo Ministério do Esporte para a Copa.

O projeto que foi aprovado pelo governo federal em dezembro de 2010 era o BRT (Bus Rapid Transit), que são corredores de ônibus exclusivos. Agora, as autoridades matogrossenses querem implantar o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), que custa o dobro do preço e não tem o apoio de técnicos em transporte público.

"A situação é preocupante. O governo do Mato Grosso precisa decidir rápido o que quer fazer. Eles podem construir o modal que quiserem, mas deve saber que o investimento federal previsto é para o BRT. Se quiserem fazer o VLT, terão que encontrar outra fonte de recursos", disse o ministro. O governo de Mato Grosso vem tentando há mais de um mês convencer o governo federal a ceder os recursos que já estavam garantidos para o BRT para o VLT.

Perguntado sobre a possibilidade de Cuiabá ou outra cidade não chegar em 2014 em condições de sediar a Copa, fazendo com que o número de sedes seja reduzido, o ministro afirmou que ainda há tempo suficiente para evitar que isso aconteça. "Queremos manter as 12 sedes, espero que isso aconteça. Escolhemos este número para que seja possível incluir o Pantanal, a Amazônia e e quatro cidades do Nordeste entre as sedes. Queremos o Brasil todo na Copa".

Placar UOL no iPhone