UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/07/30/sorteio-das-eliminatorias-da-copa-da-largada-para-sucessao-de-teixeira.htm
  • Sorteio das eliminatórias dá largada para sucessão de Ricardo Teixeira
  • 28/02/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Teixeira é um dos nomes para sucessão na Fifa e abrirá vaga no comando da CBF

Teixeira é um dos nomes para sucessão na Fifa e abrirá vaga no comando da CBF

30/07/2011 - 07h01

Sorteio das eliminatórias dá largada para sucessão de Ricardo Teixeira

Bruno Freitas, Ricardo Perrone e Thales Calipo
No Rio de Janeiro

Nos bastidores do sorteio das eliminatórias da Copa de 2014, neste sábado, no Rio, acontecem as primeiras movimentações na direção da sucessão de Ricardo Teixeira na CBF. Em 2015, ele deverá deixar a entidade, após mais de vinte anos, para tentar a presidência da Fifa.

LINHA DE SUCESSÃO

  • Bruno Freitas/UOL

    Joana Havelange estreou publicamente em evento no Rio e integra lista de possíveis candidatos

  • Divulgação/Grêmio

    Executivo da Globo Marcelo Campos Pinto é um nome forte nos bastidores para cadeira da CBF

  • Rudy Trindade/Folha Imagem

    Diretor de comunicações Rodrigo Paiva deve ser sustentáculo para caminho de sucessão da CBF


O dirigente fala pouco sobre o futuro pleito na confederação. Mas, Joana Havelange, sua filha e diretora executiva do COL (Comitê Organizador Local) está cotada, apesar de não ser considerada favorita para a indicação.

O evento na Marina da Glória representou uma etapa importante em sua curta carreira de dirigente. Às vésperas do sorteio, ela concedeu a primeira entrevista coletiva em um evento oficial da Fifa. Está sendo preparada para, cedo ou tarde, seguir as carreiras do pai e do avô João.

Depois dela, no mesmo centro de imprensa, foi a vez de Rodrigo Paiva, diretor de comunicação do COL, fazer a sua estreia falando oficialmente em um conferência de imprensa da Fifa. Hoje, ele não é cotado para suceder o chefe, mas é considerado pelos aliados de Teixeira uma peça importante. Seria o braço direito do herdeiro do cartola. Ele conhece dos gabinetes da Fifa ao banco de reservas da seleção, que costuma frequentar. Seria o escudeiro perfeito para um presidente sem traquejo.

Pelo menos desde sexta, outro candidato em potencial está no Rio, respirando o clima político. É Marco Polo Del Nero, presidente da FPF (Federação Paulista de Futebol). No cenário atual, ele aparece mais como alguém que tenta cavar a sua própria candidatura do que como o candidato natural de Teixeira, apesar do bom relacionamento com o mandatário da CBF. Oficialmente, porém, Del Nero não se manifesta como pré-candidato.

Assim como Marcelo Campos Pinto, executivo da Globo Esporte, responsável pela compra de direitos de transmissão de jogos. Ele não ganhou exposição pública na Marina da Glória, pelo menos até antes do sorteio. Mas o evento estreitou de vez os laços da emissora com o COL. A festa foi organizada pela Geo, empresa da Globo e do Grupo RBS. Entre os aliados do presidente da CBF, Pinto é considerado o favorito do dirigente para sucedê-lo.

Placar UOL no iPhone