UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/06/27/fifa-vai-separar-rivais-politicos-em-sorteio-para-eliminatorias-da-copa-de-2014.htm
  • Fifa vai separar rivais políticos em sorteio para eliminatórias da Copa de 2014
  • 19/01/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
27/06/2011 - 13h37

Fifa vai separar rivais políticos em sorteio para eliminatórias da Copa de 2014

Das agências internacionais
Em Zurique (SUI)
  • Joseph Blatter, presidente da Fifa, cedeu ao apelo da Uefa pela limitação de jogos entre países rivais

    Joseph Blatter, presidente da Fifa, cedeu ao apelo da Uefa pela limitação de jogos entre países rivais

O sorteio das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no fim de julho, no Rio de Janeiro, não vai opor países que são rivais políticos fora de campo. Nesta segunda-feira, a Fifa confirmou que atenderá o pedido da Uefa e vai separar as chaves de Armênia e Azerbaijão e Rússia e Geórgia.

Os quatro países listados são rivais entre si. Armênia e Azerbaijão disputam o território de Nagorno-Karabakh, que já foi motivo de guerra entre as nações. Para evitar que os problemas extra-campo atrapalhem o futebol, a Uefa separa automaticamente as nações em suas competições, sempre que possível.

Nas eliminatórias para a Eurocopa de 2008, quando a entidade que comanda o futebol europeu ainda não mantinha tal atitude, Azerbaijão e Armênia foram escaladas na mesma chave. Justamente por conta dos confrontos, as partidas entre as seleções nunca aconteceram.

O problema entre Geórgia e Rússia tem o mesmo fundo separatista. Os países têm uma relação conturbada desde o queda da União Soviética, nos anos 1990. Hoje, as regiões da Chechênia e da Ossétia do Sul são palcos de conflitos.

Diante desse cenário, seguindo recomendação da Uefa, a Fifa vai forçosamente colocar as seleções em chaves diferentes na eliminatória europeia para a Copa de 2014. Caso os times se classifiquem para o Mundial, porém, essa recomendação deve cair por água abaixo.

A maior competição de futebol tem um longo histórico de confrontos entre países com tensões políticas entre si. Em 1974, por exemplo, a anfitriã Alemanha Ocidental foi derrotada pela Alemanha Oriental na primeira fase, antes de ser campeã. Em 1998, Estados Unidos e Irã fizeram um jogo histórico na primeira fase da Copa da França, sem incidentes e repleto de mensagens pedindo a paz.

A Fifa também anunciou que a Uefa foi a única entidade continental a fazer um pedido do tipo, o que faz das duas limitações anunciadas as únicas previstas para o sorteio. 

Placar UOL no iPhone