UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/06/22/cbf-ignora-atrasos-em-cidades-sedes-e-ve-copa-estritamente-dentro-do-prazo.htm
  • CBF ignora atrasos em cidades-sedes e vê Copa "estritamente dentro do prazo"
  • 26/01/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Marca do meio-campo no terreno do futuro estádio corintiano, um dos mais atrasados

Marca do meio-campo no terreno do futuro estádio corintiano, um dos mais atrasados

22/06/2011 - 11h50

CBF ignora atrasos em cidades-sedes e vê Copa "estritamente dentro do prazo"

Carlos Padeiro
Em Los Cardales (Argentina)

Em meio a críticas sobre os atrasos nas obras para o Brasil receber a Copa do Mundo de 2014, o diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, defendeu o cronograma para a construção dos 12 estádios conforme os padrões da Fifa. A despeito das notícias negativas envolvendo várias sedes, ele classificou a agenda da competição como "estritamente dentro do prazo". 

“Apesar de muita gente não acreditar, o cronograma para a Copa está estritamente dentro do prazo”, apontou Paiva. "Agora as coisas se tornam mais visíveis nas cidades. Natal, por exemplo, resolveu a questão financeira e já tem data para começar a obra de seu estádio", concluiu, durante o primeiro treino da seleção brasileira na Argentina, para a Copa América. 

A resolução do problema no Rio Grande do Norte não impediu, no entanto, a exclusão da mesma da Copa das Confederações, ao lado de São Paulo. As capitais paulista e potiguar demoraram demais para iniciar a construção de seus estádios e já não terão tudo pronto em tempo hábil para o principal evento-teste da Copa do Mundo. 

Em São Paulo, especificamente, o caso é mais grave. Corinthians e Odebrecht iniciaram a terraplanagem do Itaquerão. A remoção dos dutos que passam por baixo do local onde estará o futuro Itaquerão e o projeto executivo do estádio, no entanto, ainda dependem de acertos financeiros para começarem a virar realidade.

RELEMBRE O INFOGRÁFICO QUE MOSTRA DETALHES DE TODAS AS 12 SEDES

Se for confirmado, este não será o primeiro prazo imposto pela Fifa que será esquecido. No ano passado, em pelo menos duas oportunidades, a entidade atrasou a data-limite para a conclusão das licitações do estádios da Copa do Mundo. 

Em reportagem no fim de maio, o UOL Esporte apontou a situação das obras de cada um dos estádios que estarão na Copa do Mundo, assim como os valores envolvidos e fotos dos 12 locais. Em um ano, o custo previsto subiu R$ 1,7 bilhão, sendo que três sedes (São Paulo, Curitiba e Natal), ainda não haviam iniciado as obras até então. 

COMITÊ NEGA ADIAMENTO DO ANÚNCIO DA ABERTURA

Rodrigo Paiva, diretor de comunicação da CBF e do Comitê Organizador, negou que o anúncio da sede da abertura tenha sido adiado, como publicou o jornal O Globo. O porta-voz disse que não há data definida e deu o exemplo da África do Sul, que teria escolhido Johanesburgo em setembro de 2007, e não em julho.

Para a CBF, no entanto, o cronograma está sendo seguido à risca. Para comprovar, a entidade marcou para o dia 28 de julho uma espécie de workshop para as 12 cidades-sedes mostrarem à imprensa o que fizeram até o momento e os planos até 2014.

“No dia 28 realizaremos uma apresentação para a imprensa das 12 cidades-sedes. Os representantes de cada comitê terão um minuto e meio para apresentar como estão as obras dos estádios e a infraestrutura das cidades agora e como vão estar na Copa”, explicou o porta-voz da CBF.

O evento fará parte de uma série de ações realizadas visando os torneios da Fifa no Brasil – além do Mundial de 2014, a Copa das Confederações de 2013. No dia 29 de julho, o secretário-geral da Fifa, Jèrôme Valcke, deve conceder uma entrevista sobre os preparativos. No dia 30,ocorrerá o sorteio dos grupos para as eliminatórias da Copa.

Veja fotos do primeiro treino da seleção na Argentina
Veja Álbum de fotos

Placar UOL no iPhone