Baixa colesterol, suga açúcar do sangue e regula pressão: os benefícios do alho negro para a saúde

Por Daniel Navas

O alho negro, originado do processo de maturação, apresenta características distintas, como cor escura, textura, odor adocicado e frutado.

iStock

Obtido por um período de 30 a 40 dias em forno com alta umidade e temperatura controlada, sem aditivos químicos, o alho negro é bastante consumido no Oriente.

iStock

Encontrado em empórios, lojas de produtos naturais ou orientais, o alho negro é versátil, podendo ser usado em diversas receitas, desde massas e saladas até sobremesas gourmet.

Gabriela Queiro

O alho negro possui o dobro de antioxidantes em comparação ao alho comum, resultando em uma redução do estresse oxidativo e na prevenção do envelhecimento celular.

Divulgação

Estudos sugerem que o alho negro pode reduzir resistência à insulina, baixar níveis de colesterol e triglicerídeos, além de aumentar o colesterol "do bem" (HDL).

iStock

O aumento de arginina durante a maturação do alho negro pode normalizar os níveis de glicose, contribuindo para a prevenção do diabetes.

iStock

Pesquisas indicam que o alho negro pode reduzir níveis de colesterol e triglicérides, beneficiando a saúde do coração.

iStock

Presente no alho negro, a cisteína auxilia no controle da pressão arterial, dilatando os vasos e facilitando a circulação sanguínea.

iStock

Participantes com alto colesterol observaram uma redução nos níveis de lipídios no sangue após incluir alho negro em suas dietas.

iStock

Estudos em ratos indicam que o alho negro protege o fígado contra danos causados por exposição a substâncias tóxicas, medicamentos e álcool.

iStock

Alho negro apresentou efeitos protetores significativos em lesões hepáticas agudas, reduzindo níveis de substâncias químicas indicativas de danos ao fígado.

iStock

Ideal consumir alho negro cru, não ultrapassando um dente por dia. Consultar um profissional para ajustar a quantidade conforme o perfil individual.

iStock

Alho negro pode ser incorporado em diversas receitas, proporcionando benefícios à saúde de forma saborosa.

Chico Rasta

Sempre importante buscar orientação profissional para ajustar o consumo de alho negro de acordo com as necessidades e características individuais.

iStock

Para mais informações, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 10 de novembro de 2023.