Veja como combinar o chazinho do dia-a-dia com bolos e guloseimas

Larissa Januário

Do UOL, em São Paulo

Neste friozinho nada melhor do que tomar uma xícara de chá fumegante, certo? Eles aquecem, perfumam, ajudam na digestão, acalmam e, às vezes, podem até curar. Melhor que isso é combinar a bebida a guloseimas saborosas no lanchinho da tarde. Os chás são ótimos parceiros para bolos, tortas, bolachas e biscoitinhos.


"Há combinações que existem há séculos, já foram testadas por gerações e estão enraizadas em algumas culturas. É bacana buscar essas receitas de sucesso, que são acessíveis e podem ter um charme à mesa, mas também vale arriscar novas combinações”, explica Érika Kobayashi, jornalista, socióloga e pesquisadora em cultura japonesa, autora do blog Cerimônia do Chá.

Confira algumas sugestões de harmonização da especialista e receitas que vão dar um toque especial ao chazinho nosso de cada dia.

Chá de Cidreira e bolo de fubá
  Aerva cidreira fresca (também conhecida como capim santo ou capim limão) é saborosa e pode ser tomada sem açúcar. Super comfort food, combina bem com o sabor do fubá.

Chá de Frutas vermelhas e bolo de chocolate
Combinação clássica para o chá da tarde inspirada na receita do bolo europeu Floresta Negra

Hortelã com bolo branco com damasco ou pêssegos
Harmonização das mil e uma noites. Faça o chá bem docinho, como os marroquinos.

Mix de ervas (camomila, melissa, erva-doce, etc.) com maçã
Relaxante, ideal para tomar depois do almoço, em dias frios com muito sol. Prove com sobremesas à base de maçã, como strudel, tortas e bolos.

Mate com pão de queijo
A versão de inverno do clássico das praias cariocas. Sirva tudo bem quentinho.

Mate com canela com bolo de laranja
Chá mate com um toque de canela e bolo de laranja: mistura que aquece os sentidos. O sabor acentuado da canela dispensa o uso do açúcar.

Earl Grey com biscoito amanteigado
Combinação perfeita para o chá das cinco. O perfume do chá vem da bergamota. Vale fazer como os ingleses e misturar um pouco de leite frio ao chá (duas colheres de sopa) e adoçar a bebida. Prove também com biscoito de nata, sequinho, bem brasileiro.

Chá Verde com pão de ló
Combinação equilibrada, comum no Japão desde o século XVI. Foi levado para lá pelos portugueses e é chamado de "castela". A textura do pão de ló tem que ser bem fofinha. Para dar um charme, arrisque uma cobertura leve de chocolate.

Mas de nada adianta tentar harmonizar se você relaxar no preparo do chá. Abaixo, Hanny Guimarães, do blog Rota do Chá, dá dicas para preparar corretamente a sua bebida e aproveitar todos os seus sabores.

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos