PUBLICIDADE

Topo

Papo Cabeça

O psiquiatra Jairo Bouer tira dúvidas sobre saúde mental


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Tenho claustrofobia e quase não saio de casa por medo. O que faço, Jairo?

Mais Papo Cabeça
1 | 25
Siga o VivaBem no

Jairo Bouer

Colunista do VivaBem

12/04/2022 04h00

No "Papo Cabeça", o psiquiatra Jairo Bouer responde duvida da leitora sobre claustrofobia, um tipo de fobia específica que causa medo intenso de estar em locais fechados e/ou apertados, como elevadores e metrô.

"Algumas pessoas têm medo de qualquer tipo de lugar fechado. Outras enfrentam dificuldades em lugares específicos", explica Bouer.

Os sintomas de claustrofobia podem variar, dependendo de cada pessoa e circunstância. Geralmente, é possível ter ondas de frio e calor, dores de cabeça, além de outros sintomas comuns em crises de ansiedade.

Por trás da condição podem existir fatores genéticos, quando alguém da família tem esse ou outros tipos de fobia. Bullying e abusos também são fatores desencadeantes, diz o psiquiatra.

"É muito importante que você procure tratamento, ainda mais se ela está limitando muito a sua vida", alerta Bouer. As intervenções costumam aliar terapia e medicamentos. Algumas pessoas também conseguem desenvolver técnicas para lidar com a condição, mas há risco disso causar sobrecarga emocional.

"Papo Cabeça" é um programa semanal do VivaBem em que Jairo Bouer, psiquiatra formado pela USP (Universidade de São Paulo), tira dúvidas dos leitores sobre saúde mental. Tem uma dúvida? Mande para vivabemuol@uol.com.br.