PUBLICIDADE

Topo

Papo Cabeça

O psiquiatra Jairo Bouer tira dúvidas sobre saúde mental


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Sou homem trans e o genital feminino me incomoda tanto que impede o prazer sexual. O que faço, Jairo?

Mais Papo Cabeça
1 | 25
Siga o VivaBem no

Jairo Bouer

Do VivaBem

20/01/2022 04h00

O leitor desta semana é um homem trans com genital feminino, que não consegue sentir prazer por não se identificar com o órgão. Ele quer saber como melhorar a relação sexual, já que no momento não tem como optar por uma cirurgia.

O psiquiatra e especialista em sexualidade, Jairo Bouer, afirma que a identificação com o próprio corpo faz toda a diferença em uma relação sexual.

Bouer ressalta a importância de buscar ajuda profissional. "É importante que você tenha o suporte de um grupo de psicoterapia ou de um terapeuta para que ele, junto com você, possa te ajudar a entender melhor como lidar com esse corpo em transição", indica o especialista.

Veja no vídeo acima a sugestão completa do psiquiatra.

USP realiza pesquisa sobre comportamento sexual

Para entender o comportamento sexual em diversas regiões do mundo, o IPq (Instituto de Psiquiatria) do Hospital das Clínicas da FMUSP (Faculdade de Medicina da USP), ao lado de outros 45 países, está realizando um grande estudo sobre o tema. A ideia é examinar diferentes comportamentos sexuais, incluindo aspectos positivos, como a satisfação e o desejo sexual, e os negativos, como os riscos e problemas do funcionamento sexual.

Um dos questionários já está disponível e pode ser respondido até o final de fevereiro de 2022 —qualquer pessoa a partir de 18 anos pode participar: clique aqui para responder ao questionário.