PUBLICIDADE

Topo

Após a covid, comecei a ter dificuldade de ereção. Exercícios podem ajudar, Jairo?

Mais @Saúde
1 | 25
Siga o VivaBem no

Do VivaBem

15/04/2021 04h00

Nesta semana, o internauta conta que foi infectado pelo coronavírus e está tentando retomar a massa muscular: "Não consigo mais ter uma ereção duradoura. Como eu trabalho esse músculo para reativar minha vida sexual?".

Para responder essa pergunta, Jairo Bouer, especialista em sexualidade, explica que o tecido que compõe o pênis possui fibras musculares, mas ele é basicamente esponjoso, sendo responsável pelo sistema de enchimento de sangue durante uma ereção, por exemplo. "É muito pouco efetivo algum tipo de exercício para tentar fortalecer a musculatura do pênis até porque, apesar de ter as fibras musculares, o pênis não é exatamente um tecido muscular, ele é basicamente composto por esse tecido que falei, mais esponjoso", diz.

Mas Bouer também completa dizendo que a infecção de covid-19 é, sim, capaz de afetar a ereção. "Você ficou mais fraco, em estado mais grave, possivelmente teve uma internação, ficou mais debilitado. São impactos psicológicos da covid na sua vida, você ficou assustado e com medo. Essas questões físicas e mentais impactam na ereção."

Por isso, o colunista recomenda que o leitor dê "tempo ao tempo", com a volta da vida sexual aos poucos. Caso as dificuldades nas relações permaneçam, o indicado é procurar um urologista para pensar em estratégias que facilitem a ereção.