PUBLICIDADE

Topo

Meu namorado entrou em um app de paquera usado por gays. É traição, Jairo?

Mais @Saúde
1 | 25
Siga o VivaBem no

Do VivaBem, em São Paulo

29/10/2020 04h00

Nesta semana, a leitora conta viu que o namorado criou um perfil em aplicativo de paquera para gays. Ela pergunta a Jairo Bouer, psiquiatra especialista em sexualidade, como é possível saber se ele é bissexual ou homossexual e se isso pode ser considerado uma traição.

De acordo com Bouer, a não ser que o uso do app tenha sido um acordo entre o casal, pode, sim, ser considerado algo que está quebrando o pacto de confiança. "Nos relacionamentos, é sempre muito importante discutirmos os limites para ninguém se sentir machucado."

Em relação à sexualidade do parceiro, o especialista aponta que há várias possibilidades. "O único jeito de saber se ele sente atração por ambos os sexos é conversando com ele. Sabendo, vocês podem decidir o que é melhor para o relacionamento", indica.