PUBLICIDADE

Topo

Jairo, tem como reverter uma gravidez ectópica, ou seja, fora do útero?

Do VivaBem, em São Paulo

30/01/2020 04h00

Nesta semana, a leitora pergunta se é possível reverter uma gravidez ectópica, uma gestação em que o embrião se forma fora do útero.

Segundo o especialista em sexualidade Jairo Bouer, nesses casos, a implantação do ovo fecundado geralmente ocorre nas trompas (ou tubas) uterinas. Isso faz essa gravidez de extremo risco, uma vez que a tuba não consegue comportar o crescimento de um ovo fecundado, com um risco altíssimo de rompimento.

Normalmente, quando o diagnóstico ocorre, esse tipo de gravidez tem que ser interrompida. Primeiro, porque ela não se desenvolve. O óvulo fertilizado não sobrevive fora do útero. Segundo, devido ao risco de vida para a gestante.

O médico então realiza um procedimento cirúrgico para remover o embrião e reparar a área danificada. Mas em algumas situações o médico avalia a possibilidade de passagem desse ovo fecundado pelas tubas, para preservá-las. Neste caso, ele pode tratar a mulher com medicamento, para que ela possa engravidar novamente e a para que próxima gestação aconteça dentro do útero.

Jairo sugere que ela procure um ginecologista e, uma vez que o diagnóstico for feito, faça o acompanhamento correto.