PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Covid-19: casos estão subindo e máscara continua sendo proteção eficaz

É altamente recomendável usar máscara neste momento, de preferência do modelo PFF2, que garante maior proteção - Getty Images
É altamente recomendável usar máscara neste momento, de preferência do modelo PFF2, que garante maior proteção Imagem: Getty Images

Gabriel Dias

Colaboração para VivaBem*

10/06/2022 12h34Atualizada em 10/06/2022 19h06

No início deste ano, vários estados brasileiros, flexibilizaram a exigência de usar máscaras como proteção contra a covid-19, mas usá-la é definitivamente a melhor proteção contra a doença —além, claro, de tomar todas as doses de vacina recomendadas ao seu grupo e/ou faixa etária.

O Ministério da Saúde afirmou em nota técnica que medidas como o uso de máscaras e o distanciamento social devem ser encorajados neste momento diante do aumento de casos de covid. A orientação está presente no ofício que liberou a vacina contra a covid-19 para pessoas com 50 anos ou mais, publicado no último dia 4 de junho. O documento foi elaborado pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19.

"Além disso, medidas não farmacológicas (distanciamento e uso de máscaras) devem ser encorajadas no atual momento epidemiológico", diz o documento. A recomendação acontece em um momento em que o Brasil enfrenta, após várias medidas flexibilizações, uma alta no número de casos e internações pela covid-19.

Dados levantados pela Abramed (Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica) indicam que os exames de covid-19 na rede privada aumentaram 200% em um mês, passando de 47 mil na primeira semana de maio para 143 mil na primeira semana de junho. O aumento em relação à semana anterior foi de 40%. Os casos positivos aumentaram 501% na primeira semana de junho em comparação à primeira semana de maio.

Além disso, a Anahp (Associação Nacional de Hospitais Privados) apurou que nas últimas duas semanas, hospitais privados de todo o Brasil registraram um aumento médio de 94% no número de casos confirmados de covid-19.

Qual a eficácia de proteção?

A eficácia da máscara varia de acordo com o tipo utilizado. As PFF2 e N95 ajustadas corretamente oferecem proteção 75 vezes maior em comparação com as máscaras cirúrgicas ajustadas corretamente, de acordo com um estudo do Instituto Max Planck de Dinâmica e Auto-Organização, na Alemanha.

"Muitos profissionais de saúde, cientistas que trabalham com patógenos perigosos e trabalhadores que podem ser expostos a partículas perigosas no ar dependem de máscaras especializadas de proteção, então sabemos que elas têm alta eficiência e devidamente ajustadas funcionam", analisou Linsey Marr, professor da Universidade Politécnica de Virgínia (EUA) e especialista em transmissões virais no ar.

Os pesquisadores do Instituto Max Planck descobriram que o ajuste da máscara desempenha um grande papel na proteção. O estudo demonstrou que as máscaras ajustadas para se encaixarem perfeitamente no nariz bloquearam quatro vezes mais partículas do que as não tão bem encaixadas.

O efeito máximo de proteção das máscaras é apenas obtido quando todos no ambiente estão usando, mas especialistas apontam que o mascaramento unidirecional (de uma única pessoa) também proporciona algum grau de proteção contra o coronavírus, afinal ele age como uma barreira física contra as partículas invasoras que transmitem o vírus.

Mesmo que não seja obrigatório, é recomendável utilizar a máscara, principalmente em ambientes de baixa circulação de ar —onde o risco de contágio é maior. Este é o caso do transporte público, por exemplo.

Estudos comprovam redução no risco de infecção

Um estudo do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA) apontou que usar máscaras em ambientes fechados reduzia o risco de infecção pelo coronavírus, em comparação com o risco de pessoas sem máscaras. Os dados foram coletados entre fevereiro e dezembro de 2021, quando o uso do item era opcional.

O estudo verificou que o uso de máscaras diminuiu os riscos de contrair a covid-19 em 56% entre as pessoas que usavam máscaras de pano, 66% entre as que usavam máscaras cirúrgicas e 83% entre as que usavam máscaras do modelo PFF2/N95. Isso em comparação com os indivíduos que optaram por não usar nenhum tipo de proteção.

Apesar de a vacinação ainda ser o método mais eficaz de prevenção contra a covid-19, combinar essa estratégia com o uso de máscara pode redobrar a proteção, principalmente neste momento em que há um aumento de casos no Brasil.

Conheça alguns modelos de máscara PFF2 para se proteger:

Kit 10 Máscaras Aura 9320+BR, PFF2 - 3M

máscara facial 3m aura covid coronavírus - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 85**

  • Recomendado para redução da exposição a aerossóis contendo agentes biológicos potencialmente patogênicos
  • Embalagem individual e lacrada
  • Filtro 3M com tratamento eletrostático
  • Produzido em espuma e TNT

Kit 10 Máscaras 9820, PFF2 - 3M

máscara 3m azul protetora covid coronavírus - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 29,99**

  • Tamanho único
  • Manta filtrante exclusiva 3M que facilita a respiração
  • Embalagem individual e lacrada
  • Formato dobrável, fácil de armazenar

Respirador Descartável Aura 9320+BR, PFF2 - 3M

máscara facial respirável descartável 3m covid coronavírus - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 8,50**

  • Peça individual
  • Filtro 3M com tecnologia eletrostática
  • Melhor vedação, fácil de respirar
  • Sistema antiembaçante, evita o embaçamento de óculos
  • Certificação do Inmetro

*Com informações de reportagem publicada em 24/04/2022.

**Os preços e a lista foram checados no dia 10 de junho de 2022 para atualizar esta matéria. Pode ser que eles variem com o tempo.

O UOL pode receber uma parcela das vendas pelos links recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial.

Saúde