PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Cientistas de Oxford testam vacina contra câncer de próstata e ovário

Vacina contra câncer começou a ser aplicada em 35 voluntários - iStock
Vacina contra câncer começou a ser aplicada em 35 voluntários Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

12/05/2022 12h08

Pesquisadores da farmacêutica Oxford Vacmedix, empresa criada por cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, estão testando uma vacina contra câncer de próstata, pulmão e ovário em voluntários.

A vacina é projetada para atacar uma proteína chamada survivina, que é liberada pelas células cancerígenas e impede a reação do organismo humano contra a doença. O imunizante, segundo a empresa, foi desenvolvido por meio de uma versão sintética da proteína para ensinar o corpo a reconhecer e atacar tumores.

A fórmula está sendo avaliada em 35 pacientes com câncer no Reino Unido. Todos receberão três doses, com intervalo de duas semanas, e serão monitorados por seis meses. Embora a vacina esteja sendo testada contra esses três tipos de câncer, a expectativa é que ela também funcione para todos os demais.

Os participantes receberão três doses da vacina, com duas semanas de intervalo. Eles serão monitorados por seis meses em relação ao estado do tumor e eventuais efeitos colaterais.

Apesar de resultados iniciais terem se mostrado promissores em etapas anteriores de testes, os cientistas afirmam que este momento exige cautela, já que os voluntários precisam ser acompanhados ao longo do tempo para se observar possíveis efeitos colaterais em longo prazo.

Os estudos também vão mostrar qual será o impacto do imunizante na sobrevida dos participantes.

Saúde