PUBLICIDADE

Topo

Conexão VivaBem

Dicas para ajudar a cuidar do corpo, da mente e da alimentação de forma descomplicada


Buscar algo que dê prazer é dica de Fê Medeiros para sair do sedentarismo

Colaboração para VivaBem

28/01/2022 11h00

Transformar a atividade física em hábito pode ser bem difícil para algumas pessoas. Por onde começar ou quais esportes fazer? No oitavo episódio da segunda temporada do Conexão VivaBem, atração apresentada por Mariana Ferrão que faz parte da programação do UOL no Verão, Fernando Medeiros, comentarista de basquete e ex-BBB fala sobre sedentarismo e de como o amor próprio pode impulsionar uma mudança.

Para Fernando, o principal problema dos sedentários é que eles deixam para fazer alguma atividade física somente quando sobra tempo. Ele dá como exemplo fazer uma simples caminhada no final do dia, período em que geralmente a maioria das pessoas já está cansada e estressada querendo sentar no sofá e comer uma comida gostosa.

Segundo o ex-BBB, deixar os cuidados pessoais no final e, não no começo da pirâmide, é um erro e é por isso que as pessoas não praticam atividade física. Ele as encoraja a inverter essa pirâmide.

"Acho que é pensar primeiro na sua máquina, no seu corpo, para poder desenvolver todas as outras coisas", diz ele, ao usar com frequência a frase: "Se a saúde vai bem, nada vai mal".

Formado em educação física e atualmente fazendo uma pós-graduação em psicologia positiva, ele comenta a importância de nos entendermos e do amor-próprio. "A partir do momento que você tem autocompaixão, amor-próprio, você cuida de você antes de qualquer coisa, porque se o seu corpo e sua mente estão bem, você vai render mais no trabalho e vai se relacionar melhor com as pessoas."

Fã de esportes, Fernando faz corrida, musculação e basquete regularmente. Ele corre, em média, de 5 km a 7 km por dia. Faz musculação para conseguir manter a massa magra e não para ter uma alta hipertrofia. "Não sou daqueles caras que colocam 70 kg no supino, faço minha série tranquila."

O ex-BBB, que já trabalhou em academias, foi personal trainer, deu aulas de basquete e spinning, comenta que a obrigação de treinar e de se exercitar afastou muita gente da atividade física. Ele acredita na importância de buscar algo que dê prazer e usa seu próprio exemplo. "Eu amo o basquete, quando estou jogando não penso nem que é um treino, penso que é uma diversão para mim. As pessoas também precisam procurar atividade nesse sentido."

"Fazer algo que não te dá prazer, a durabilidade vai ser tão curta que você não vai ter, talvez, um benefício psicológico e fisiológico de um melhor condicionamento físico", diz.

Embora buscar uma atividade prazerosa seja importante, Gustavo Magliocca, médico do esporte e do clube Palmeiras, que também participou da conversa, afirma que é necessário haver um equilíbrio entre esporte e exercício, isto é, entre o que a pessoa gosta de fazer, mas também do que ela precisa, e às vezes, ela precisa complementar a atividade para ter mais saúde.

Para quem está querendo começar a se exercitar, Fernando recomenda ainda procurar a ajuda de um profissional e a tomar cuidado com as redes sociais. "Existem ótimos influenciadores, mas existem alguns que não te influenciam de uma forma clara e positiva, cuidado com isso. E não queira ser aquilo que você vê só nas redes, seja você de uma forma leve, tranquila, sem comparações. Não pense que em três, quatro meses, você vai ter o corpo do fulano porque não é assim que acontece."

Toda semana, convidados especiais e especialistas vão conversar com a Mari sobre saúde, alimentação e equilíbrio mental de um jeito leve e divertido. Fique ligado em VivaBem e em nossas redes sociais para acompanhar toda a programação.

UOL no Verão 2022

Conexão VivaBem faz parte do UOL no Verão 2022, que até o fim de janeiro vai trazer uma série especial de programas em vídeo, exibidos no Canal UOL. Fique de olho em uol.com.br/uolnoverao/ e em nossas redes sociais para acompanhar toda a nossa programação até o fim de janeiro!