PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Não sei se tive covid, devo tomar a dose de reforço ou aguardar?

iStock
Imagem: iStock

Bruna Alves

Do VivaBem, em São Paulo

18/01/2022 15h59

O alto risco de infecção pela ômicron, a nova variante do coronavírus circulante no país, atrelado a falta de testes para a população, tem contribuído para o surgimento de dúvidas em relação ao reforço do imunizante.

Não sei se fui infectado, posso tomar a dose de reforço? Se não tiver sintomas, sim, você deve receber a dose de reforço da vacina.

"Caso a pessoa tenha tido sintomas compatíveis com a covid-19, isto é, qualquer quadro respiratório, dor de garganta ou no corpo, ela deve aguardar quatro semanas após o início dos sintomas para depois atualizar o seu ciclo de vacinação", esclarece Raquel Stucchi, médica infectologista, professora da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e consultora da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia). Isso mesmo que ela não tenha feito um teste e obtido resultado positivo para a covid.

Vale reforçar que, na dúvida, idealmente a pessoa precisa seguir a recomendação dos especialistas e órgãos de saúde e manter o isolamento por, no mínimo, dez dias.

E não se engane: a doença faz com que o sistema de defesa do corpo produza anticorpos, mas apenas por um curto período de tempo. Em contrapartida, a proteção conferida pela vacina é mais prolongada. "Então, mesmo quem teve covid-19 deve ser vacinado com todas as doses disponíveis", alerta Stucchi.

Saúde