PUBLICIDADE

Topo

Ela perdeu 38 kg após saber que a obesidade era fator de risco para a covid

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Roseane Santos

Colaboração para o VivaBem

30/09/2021 04h00

Paula Mendes Pinheiro, 25 anos, sempre se preocupou com a obesidade, mas nunca encontrou motivação para mudar hábitos. Quando soube que o excesso de peso aumentava o risco de morte por covid-19, ela decidiu cuidar da saúde e começou a comer melhor e a fazer exercícios. A seguir, a advogada conta como chegou a 70 kg:

"Sofri durante muito tempo com o efeito sanfona. Comecei a engordar na adolescência e logo passei a fazer regimes. Mas sempre buscava dietas restritivas para emagrecer, que não conseguia manter por muito tempo e, quando parava, eu engordava novamente. Ao entrar na faculdade, minha alimentação piorou e perdi o controle do peso de vez. Tornei-me obesa e cheguei a 108 kg —tenho 1,75 m.

Eu comia totalmente errado. Devorava lanches praticamente todos os dias e tomava muito refrigerante. Minha mãe tinha até que esconder a bebida de mim, pois chegava a beber dois litros em uma sentada. Além disso, era totalmente sedentária! Odiava exercícios físicos.

Como Emagreci Paula - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

O excesso de gordura corporal já me preocupava há anos, mas faltava um incentivo para mudar hábitos. Quando veio a pandemia do coronavírus e vi que a obesidade aumentava o risco de morte por causa da covid-19, fiquei com muito medo. Decidi que precisava emagrecer para ter saúde, não era só uma questão estética.

O ponto crucial para mudar hábitos foi mudar a mente. Não foi fácil, especialmente por causa da pandemia, que tornou tudo incerto e aumentou sentimentos como ansiedade, estresse etc. E, no início, a mudança de hábitos acaba sendo algo que gera estresse, preocupações e afeta o humor, então tudo se somou.

Mas sempre fui muito determinada, independentemente da situação, e coloquei na cabaça que precisava e iria conseguir mudar. Entendi que seria um dia após o outro, uma batalha por dia. Chorei muito, mas tinha em mente que no final valeria a pena.

Como Emagreci Paula - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Não fiz dietas restritivas, emagreci comendo de tudo, com equilíbrio. Sabia que não deveria me privar de coisas que gosto, pois não conseguiria manter uma alimentação assim por um longo prazo. Então, comecei controlando principalmente as quantidades do que eu consumia, depois fui fazendo substituições saudáveis.

Por exemplo: eu comia três pães por dia. Passei a comer dois e depois um. Quando estava adaptada, troquei esse um pãozinho branco pelo integral. O refrigerante eu substitui por sucos sem açúcar ou água com gás. Chocolate podia comer só três quadradinhos por dia. Com essas reduções e trocas, naturalmente passei a consumir menos produtos industrializados, frituras e fast-food e a comer mais alimentos naturais (verduras, legumes, carnes, frutas).

Como as academias estavam fechadas, tive que me virar como dava para fazer exercícios. Comecei a fazer caminhadas pelo meu bairro e a dançar na sala de casa, seguindo vídeos que achava na internet. Depois, comecei a fazer uns exercícios funcionais, também em casa. Tudo devagar, respeitando meu limite! Só fui entrar na academia em fevereiro de 2021. Durante o meu processo, aprendi na marra a gostar de atividade física e hoje eu amo treinar.

Como Emagreci Paula - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Os resultados na balança foram surgindo mês a mês, o que foi me dando motivação para continuar firme na alimentação e nos exercícios em casa. Ao todo, perdi 38 kg em um ano e três meses. Estou com 70 kg e cheguei ao meu objetivo. Agora meu foco é definir a musculatura, mas nada muito exagerado.

Após emagrecer, sinto que tenho mais energia, disposição e saúde, o que para mim é o mais importante e deve sempre vir em primeiro lugar. Faço exercícios todos os dias, intercalando entre corrida, musculação e dança.

A rotina saudável é algo que quero manter para sempre, pois aprendi a amar essa vida! Amo comer bem e amo me exercitar, meu corpo pede e precisa disso!

Quer emagrecer? Receba um plano gratuito com treino e dieta em seu email

Você quer mudar hábitos, começar a praticar exercícios, ter uma alimentação mais saudável e emagrecer? O VivaBem preparou uma série de newsletters com um programa de treino e uma dieta para perder peso (neste link tem a caixa para você se cadastrar para recebê-las). Ao assinar a newsletter do #ProjetoVivaBem, você vai receber em seu email, ao longo de 12 semanas, um plano completo e gratuito com exercícios, cardápios e dicas para mudar o estilo de vida, que ajudarão a alcançar o objetivo de eliminar gordura corporal, ganhar músculos e, principalmente, adotar hábitos mais saudáveis. Siga nosso programa e compartilhe seu novo dia a dia mais saudável e seus resultados nas redes sociais com a #ProjetoVivabem.