PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Covid: 86,6 milhões de brasileiros completam vacinação, 40,64% da população

Mais de 86,6 milhões de brasileiros já completaram a vacinação contra a covid-19 - RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS//ESTADÃO CONTEÚDO
Mais de 86,6 milhões de brasileiros já completaram a vacinação contra a covid-19 Imagem: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS//ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o VivaBem, em São Paulo

26/09/2021 20h00Atualizada em 26/09/2021 22h17

Mais de 86,6 milhões de brasileiros já completaram a vacinação contra a covid-19. Ao todo, 86.692.704 pessoas tomaram a segunda dose ou a dose única de imunizante contra a doença, o correspondente a 40,64% da população nacional. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, com base nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

Foram aplicadas 282.618 segundas doses e 1.257 doses únicas entre ontem e hoje em todo o país, totalizando 283.875 pessoas com ciclo vacinal concluído. Neste mesmo período, 162.302 brasileiros tomaram a primeira dose e outros 56.749, a dose de reforço.

Até o momento, 144.536.919 brasileiros foram vacinados com a primeira dose, o que representa 67,76% da população do país. Ao todo, a dose de reforço foi aplicada em 607.647 pessoas.

Entre ontem e hoje, houve a aplicação de 502.926 doses de vacina contra a covid-19 em todo o país, somando primeiras, segundas, únicas e de reforço.

Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Roraima e Tocantins não enviaram dados atualizados sobre a vacinação até o horário de fechamento do boletim do consórcio, às 20h.

Mato Grosso do Sul tem o maior percentual de sua população com vacinação completa: 55,63% de seus habitantes. A seguir, estão São Paulo (53,89%), Rio Grande do Sul (46,58%), Espírito Santo (42,63%) e Paraná (40,84%).

O estado de São Paulo se mantém na liderança entre aqueles com a maior proporção de habitantes que já tomaram a primeira dose: 78,57% da população local. Rio Grande do Sul (70,47%), Distrito Federal (70,19%), Santa Catarina (69,78%) e Paraná (68,66%) aparecem na sequência.

Vacinação primeira dose 26/9 - UOL - UOL
Vacinação primeira dose 26/9
Imagem: UOL

Omissão de mortes, cobaias, fraudes: as suspeitas contra a Prevent Senior

Desde o início da pandemia de covid-19, a Prevent Senior deixou de ser um convênio conhecido apenas por ser um plano de saúde voltado para idosos.

A empresa, fundada há 24 anos pelos irmãos Eduardo e Fernando Parrillo, foi alvo de preocupação das autoridades de saúde desde os primeiros casos de infecção pelo Sars-Cov-2 no Brasil. Agora teve um dos seus representantes indagado pela CPI da Covid, no Senado Federal, sobre suspeitas de usar pacientes como cobaias e de fraude em atestados de óbito.

No ano passado, os hospitais da Prevent Senior foram os primeiros a serem acionados para internações e casos de covid-19 no país. Cinco das sete primeiras mortes no país em razão da covid ocorreram em hospitais do grupo, conforme divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde à época.

Vacinação dose completa 26/9 - UOL - UOL
Vacinação dose completa 26/9
Imagem: UOL

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Saúde