PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Brasil chega a 26% da população completamente vacinada contra a covid-19

22.08.2021 -- Maurício Grzybowski Ferreira sendo vacinado pelo pai, Rogério Ferreira, em Curitiba - Reprodução
22.08.2021 -- Maurício Grzybowski Ferreira sendo vacinado pelo pai, Rogério Ferreira, em Curitiba Imagem: Reprodução

Colaboração para o VivaBem, em São Paulo

22/08/2021 20h12

O Brasil tem hoje (22) 26% da população completamente vacinada contra a covid-19. São 55 milhões de pessoas. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, com base nas informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Entre ontem e hoje, 196 mil pessoas entraram nessa conta. Também de ontem para hoje, 454 mil pessoas receberam a primeira dose no Brasil.

Até o momento, 58% da população do país recebeu a primeira dose e aguarda a segunda. Isso equivale a 122,8 milhões de pessoas.

Há quatro vacinas em uso no Brasil para o combate à covid-19. Os laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech recomendam a aplicação de duas doses de seus imunizantes. Já a fabricante da Janssen indica a necessidade de somente uma dose.

O estado onde a vacinação está mais avançada é São Paulo, onde 71% da população tomou a primeira dose. Já o Mato Grosso do Sul lidera entre os estados com mais pessoas completamente imunizadas contra a covid-19: 40,7%.

Rio distribuirá mais de 300 mil doses de vacinas no estado

O governo estadual do Rio irá distribuir mais de 300 mil vacinas contra a covid-19 a partir de amanhã (23).

Os municípios de Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí farão as retiradas dos seus lotes na Coordenação Geral de Armazenagem da Secretaria de Estado de Saúde, onde as remessas estão armazenadas desde sábado.

Para os municípios das regiões Norte e Noroeste, a entrega será feita por um helicóptero, que decolará amanhã de manhã do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar (GAM), em Niterói. Para as demais cidades, as remessas serão distribuídas por vans e caminhões, que saem da CGA a partir das 7h, com escolta da Polícia Militar.

Segundo o governo, a distribuição do imunizante é feita de forma proporcional a todos os 92 municípios do estado.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Saúde