PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Covid: 54,8 milhões de brasileiros completam vacinação, 25,92% da população

Quase 55 milhões de brasileiros já completaram a vacinação contra a covid-19 - Cris Fraga/Estadão Conteúdo
Quase 55 milhões de brasileiros já completaram a vacinação contra a covid-19 Imagem: Cris Fraga/Estadão Conteúdo

Colaboração para o VivaBem, em São Paulo

21/08/2021 20h04

O Brasil chegou hoje à marca de 54,8 milhões de pessoas com vacinação completa contra a covid-19. Até o momento, 54.890.099 habitantes tomaram a segunda dose ou a dose única de imunizante, o que representa 25,92% da população nacional. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, com base nas informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Entre ontem e hoje, 889.021 pessoas concluíram o esquema vacinal contra a doença, sendo que 881.174 receberam a segunda dose e outras 7.847 a dose única do imunizante.

No mesmo período, 1.113.046 brasileiros receberam a primeira dose. Até o momento, já são 122.376.066 imunizados parcialmente, o correspondente a 57,79% da população do país. Nas últimas 24 horas, 2.002.067 doses de vacina foram aplicadas no Brasil, entre primeira, segunda e dose única.

Acre, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins não atualizaram dados referentes à vacinação até o horário de fechamento do boletim do consórcio de imprensa, às 20h.

Há quatro vacinas em uso no Brasil para o combate à covid-19. Os laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech recomendam a aplicação de duas doses de seus imunizantes. Já a fabricante da Janssen indica a necessidade de somente uma dose.

O estado de São Paulo é o único no qual mais de 70% de seus habitantes já tomaram a primeira dose de vacina: no total, 70,68% dos habitantes paulistas participaram desta etapa inicial de imunização.

O Mato Grosso do Sul lidera entre os estados com maior parcela de sua população com vacinação completa: 40,6% da população local.

Sem doses da vacina, município do Rio suspende repescagem para mais jovens

Prevista para acontecer hoje, a aplicação da primeira dose da vacina contra covid-19 para moradores do Rio de Janeiro que tenham de 20 a 30 anos de idade foi suspensa pela Secretaria Municipal de Saúde.

Seria uma repescagem, já que este público já teve a oportunidade de ser vacinado nas últimas semanas. Segundo a pasta, o Ministério da Saúde mais uma vez não entregou uma remessa prevista de vacinas nem informou quando ela será entregue, por isso foi preciso suspender o atendimento a esse público.

A vacinação aconteceu normalmente para todos que tiveram a segunda dose agendada para hoje. Também foi aplicada a primeira dose para quem tem mais de 30 anos e para pessoas com deficiência, gestantes, puérperas e lactantes.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Saúde