PUBLICIDADE

Topo

'Inflamação no intestino foi alerta para eu mudar hábitos e eliminar 60 kg'

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Roseane Santos

Colaboração para o VivaBem

19/08/2021 04h00

Por causa da alimentação ruim, Márcio Castro, 41, passou de 150 kg. Obeso, ele mal conseguia andar e tinha problemas de saúde. O analista de sistemas percebeu que tinha que mudar completamente os hábitos quando foi internado com diverticulite e quase precisou fazer uma cirurgia no intestino. Passou a comer bem, fazer exercícios e emagreceu. A seguir, Márcio conta como:

"Comecei a ter problemas com o peso aos 7 anos. Sempre fui muito ansioso e comia demais, além de consumir muita besteira. Era curioso: por conta do desenvolvimento, eu crescia e ficava magrelo, mas passava um tempo e já estava gordinho.

Fui alternando essas fases em que estava mais magro ou mais gordo até a vida adulta. Aí, aos 25 anos, quando me casei, perdi totalmente o controle e engordei 80 kg. Lógico que não foi de uma hora para outra, mas a ansiedade aumentou com a mudança de vida, a maior responsabilidade e pressão com as contas da casa, filhos etc. Consequentemente, passei a comer mais e pior...

Como Emagreci Marcio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Como eu e minha esposa trabalhávamos fora, optávamos por refeições rápidas. Era comida congelada, lasanha pronta, hambúrguer, fritura. Ou seja, descarregava minhas emoções em uma alimentação desregrada, gordurosa, rica em fast-food, refrigerantes, açúcar, alimentos industrializados e mergulhados no óleo.

Fazia dietas para emagrecer, mas não conseguia manter o cardápio saudável por muito tempo. Isso acabou gerando um efeito sanfona, eu vivia perdendo e ganhando peso. Foi assim até que cheguei em um ponto que passei apenas a ganhar peso, sem perder. Ultrapassei os 150 kg, isso me trouxe vários problemas de saúde.

Por causa da obesidade, quase não conseguia andar. Meu colesterol e triglicérides estavam altos e tive diverticulite —uma inflamação nos divertículos, pequenas bolsas na parede do intestino, decorrentes de deformidades anatômicas.

Como Emagreci Marcio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

O médico explicou que o problema ocorreu por conta da minha alimentação com baixa ingestão de fibras e água e alta em gordura. Sofri o problema aos 37 anos e o doutor explicou que as pessoas costumam ter essa doença quando estão mas velhas, por volta dos 50 anos. Fiquei dez dias internado, com risco de ter que fazer uma cirurgia para drenar a inflamação.

Com a dedicação dos médicos e a medicação, reagi bem e não foi necessário operar. Mas o médico disse que para que não tivesse que fazer uma cirurgia eu teria de mudar radicalmente de vida. Seria necessário cortar embutidos, alimentos ultraprocessados, frituras, excesso de gordura animal. Precisaria também beber mais água e consumir frutas, verduras e legumes (fontes de fibras), além de praticar atividade física regularmente.

Como Emagreci Marcio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Então comecei imediatamente com uma alimentação saudável. A dieta não tinha muito segredo: eu consumia alimentos naturais, ou seja, a 'comida de verdade' que encontramos na feira. Na parte de exercícios, iniciei caminhando e conforme fui perdendo peso comecei a correr.

Os resultados foram aparecendo mês a mês, o que me motivou a manter o estilo de vida saudável. Em um ano perdi 60 kg! Quando isso aconteceu, comecei a fazer musculação para ganhar massa muscular —atualmente treino pelo menos cinco vezes na semana, uma hora por dia.

Emagrecer me levou a mudar completamente de vida. Hoje eu me sinto uma pessoa melhor para mim e para minha família. Tenho muito mais disposição para viver.

Como Emagreci Marcio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Sou formado em análise de sistemas e trabalhando na área há mais de 20 anos. Mas minha paixão pela alimentação saudável foi tanta que resolvi fazer faculdade de nutrição. Meu objetivo é, em breve, ajudar as pessoas que passam pelo que eu passei a conseguirem ter uma vida mais saudável e emagrecer.

O que gosto sempre de falar é que com muito suor nos exercícios e foco na alimentação saudável é possível perder peso e ganhar saúde, como eu consegui."

Quer emagrecer? Receba um plano gratuito com treino e dieta em seu email

Você quer mudar hábitos, começar a praticar exercícios, ter uma alimentação mais saudável e emagrecer? O VivaBem preparou uma série de newsletters com um programa de treino e uma dieta para perder peso (neste link tem a caixa para você se cadastrar para recebê-las). Ao assinar a newsletter do #ProjetoVivaBem, você vai receber em seu email, ao longo de 12 semanas, um plano completo e gratuito com exercícios, cardápios e dicas para mudar o estilo de vida, que ajudarão a alcançar o objetivo de eliminar gordura corporal, ganhar músculos e, principalmente, adotar hábitos mais saudáveis. Siga nosso programa e compartilhe seu novo dia a dia mais saudável e seus resultados nas redes sociais com a #ProjetoVivabem.