PUBLICIDADE

Topo

Tomar colágeno melhora mesmo a elasticidade da pele?

Priscila Barbosa
Imagem: Priscila Barbosa

Bárbara Therrie

Colaboração para VivaBem

04/08/2021 04h00

Se você tem 30 anos ou mais, provavelmente já deve ter ouvido falar do colágeno como forma de tratamento do envelhecimento da pele para amenizar as indesejadas rugas ou linhas de expressão. Uma das perguntas comuns nos consultórios de dermatologia é: tomar colágeno melhora mesmo a elasticidade da pele?

Antes de responder a essa pergunta, vamos primeiro entender o que é e para que ele serve.

O colágeno é uma proteína produzida naturalmente pelo corpo, e que corresponde a aproximadamente 30% de todas as proteínas presentes no organismo. Ao contrário do que muita gente pensa, ele não está só na pele, mas também em tendões, cartilagens, articulações, músculos, ossos, tecido conjuntivo e vasos sanguíneos.

Na pele, ele é uma substância essencial para manter sua estrutura e firmeza.

O colágeno também pode ser encontrado em alimentos como a carne e a gelatina, dermocosméticos tópicos ou suplementos alimentares.

O que nos leva de volta à pergunta inicial. A resposta é sim, mas é importante esclarecer que estamos falando da suplementação oral de colágeno hidrolisado, também chamado de peptídeos de colágeno, em que a cadeia de aminoácidos que forma o colágeno é quebrada em pedaços menores.

O colágeno não hidrolisado, como o presente no mocotó, por exemplo, é uma molécula de alto peso, que não consegue ser absorvida e não tem papel biológico.

Estudos clínicos mostram que tomar peptídeos de colágeno por 8 a 12 semanas aumentou a elasticidade da pele em 7%, a hidratação da pele em 28%, a densidade de colágeno da pele em 8,8%, reduziu o volume das rugas da região em volta dos olhos em 20,1%, diminuiu em 11% as ondulações da celulite, entre outros benefícios.

Segundo o Food and Drug Administration (órgão regulador americano), os peptídeos de colágeno são classificados como GRAS (generally recognized as safe), isto é, são seguros. Não há contraindicações descritas relacionadas ao seu uso.

De acordo com as especialistas ouvidas por VivaBem, tomar o colágeno ajuda na elasticidade e na hidratação na pele, mas somente a suplementação oral não é suficiente para repor tudo que é perdido com o envelhecimento.

Ou seja, se você estiver incomodada com o bigode chinês, rugas da testa ou a flacidez do pescoço, não espere que a suplementação sozinha vá melhorar completamente todas as queixas.

Na prática, o resultado só será mais nítido se associado a outros tratamentos, principalmente estéticos, como por exemplo, o ultrassom microfocado, o microagulhamento com ou sem radiofrequência, peeling, uso de lasers, fios de sustentação e de injetáveis, entre outros.

Mas para quem não quer gastar dinheiro com tratamento estético, existem outras formas de reduzir a degradação do colágeno, umas delas é usar o filtro solar diariamente. Simples, não?

Caso você esteja pensando em tomar colágeno para melhorar a pele, é importante buscar a ajuda de um médico dermatologista para que ele avalie o seu caso, te ajude na decisão, te oriente na indicação de qual usar, por quanto tempo e o que esperar do tratamento.

Fontes: Flavianne Sobral Cardoso Chagas, dermatologista, médica colaboradora do Ambulatório de Cosmiatria do hospital da UFS (Universidade Federal do Sergipe) e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) - regional Sergipe; Lilia Guadanhim, dermatologista, doutora pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e membro da SBD; e Clarissa da Hora, dermatologista do Hospital da Pele (SP) e professora do curso de dermatologia e cirurgia dermatológica das faculdades BWS (SP).

Referências:

Proksch E, Segger D, Degwert J, et al. Oral Intake of Specific Bioactive Collagen Peptides Reduces Skin Wrinkles and Increases Dermal Matrix Synthesis. Skin Pharmacol Physiol 2014;27(3):113-9.

Proksch E, Segger D, Degwert J, et al. Oral Supplementation of Specific Collagen Peptides Has Beneficial Effects on Human Skin Physiology: A double-blind, placebo-controlled study. Skin Pharmacol Physiol 2014;27:47-55.

Schunck M, Zague V, Oesser S et al. Dietary supplementation with specific collagen peptides has a body mass index-dependent beneficial effect on cellulite morphology. J Med Food. 2015;18(12):1340-8.

J Cosmet Dermatol. 2015 Dec;14(4):291-301. doi: 10.1111/jocd.12174. Epub 2015 Sep 12. The effect of oral collagen peptide supplementation on skin moisture and the dermal collagen network: evidence from an ex vivo model and randomized, placebo-controlled clinical trials.

Jérome Asserin 1 , Elian Lati 2 , Toshiaki Shioya 3 , Janne Prawitt 4 Affiliations expand PMID: 26362110 DOI: 10.1111/jocd.12174.