PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Mais da metade das cidades de SP não tiveram mortes por covid em 1 semana

João Doria diz 346 municípios não registraram óbitos por covid-19 em um semana - Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
João Doria diz 346 municípios não registraram óbitos por covid-19 em um semana Imagem: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Fábio Castanho, Henrique Sales Barros e Lucas Borges Teixeira

Do VivaBem, em São Paulo

04/08/2021 13h33Atualizada em 04/08/2021 17h16

O governo de São Paulo anunciou hoje que 346 cidades não registraram mortes por covid-19 na última semana de julho (22 a a 28). Isso representa 53% dos municípios do estado.

O número representa um crescimento em relação à semana epidemiológica anterior, terminada em 21 de julho, quando o governo estadual divulgou que 288 cidades não tinham registrado óbito no período.

O secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, destacou a queda no número de internações. Atualmente, o estado tem 47,57% de ocupação dos leitos de UTI para covid-19.

"Se avaliarmos as internações, tivemos uma queda acentuada nas últimas 7 semanas. Foram 7 semanas seguidas de queda. A taxa de ocupação de leitos foi a menor que tivemos desde o início do ano passado. Estamos progredindo com responsabilidade, vacinando mais e é por isso que não podemos interromper de forma alguma o processo de proteção da vida", disse Gorinchteyn.

Na coletiva, os representantes ligaram a melhora nos índices ao avanço da vacinação e disseram que, apesar do alerta em relação à variante delta, a perspectiva é positiva

"Com a delta ou qualquer outra variante, a forma mais importante de contê-la é com a vacinação completa, o que São Paulo está fazendo e espera continuar a fazer. É vacinar, vacinar e vacinar, seja em São Paulo ou em outra parte do Brasil", disse Doria.

São Paulo é o estado com a maior proporção de vacinados: 58,73% de seus habitantes já receberam a primeira dose do imunizante contra a covid-19, segundo o consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte. Os dados são coletados junto às secretarias estaduais da saúde.

O Vacinômetro do governo, informa que 37 milhões de doses foram aplicadas até o começo desta tarde, sendo:

  • 26,9 milhões como primeira dose,
  • 9,4 em segunda dose e
  • 1 milhão com dose única.

Saúde