PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

EUA: Vacinados espalham variante delta tanto quanto quem não está imunizado

De VivaBem, em São Paulo

30/07/2021 14h16Atualizada em 30/07/2021 19h25

Um documento do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), dos Estados Unidos, obtido pelo jornal The Washington Post, afirma que pessoas vacinadas contra a covid-19 podem transmitir a variante delta do coronavírus tanto quanto não vacinados.

A imunização, no entanto, garante que os casos não evoluam para quadros graves. O dado acende um alerta sobre a importância do avanço da vacinação e dos cuidados para evitar a contaminação.

No documento, o CDC afirma haver indícios de que a delta leva a casos mais graves da covid-19 entre não vacinados, se comparada a outras variantes, e consegue se espalhar tão rapidamente quanto a catapora.

Hoje, à emissora americana CNN, a diretora da agência, Rochelle Walensky, confirmou a autenticidade da informação, que consta em uma sequência de slides da entidade.

Guerra contra covid mudou

Segundo o periódico americano, o documento mostra estudos para defender a necessidade de que autoridades reconheçam que, com a variante a delta, "a guerra" contra o novo coronavírus "mudou".

Uma das partes do documento aponta que o risco de hospitalização e morte com a delta é maior entre pessoas de faixa etária mais avançada, o que já vem ocorrendo desde que o novo coronavírus começou a se espalhar por Wuhan, na China, no início de 2020.

Na última terça-feira (27), o CDC passou a recomendar que pessoas totalmente vacinadas contra a covid-19 voltem a usar máscaras em locais públicos fechados em regiões onde o novo coronavírus, impulsionado principalmente pela variante delta, tem voltado a ganhar fôlego.

Saúde