PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Covid: Mais de 39 milhões completam vacinação, 18,7% da população no Brasil

Até o momento, 39 milhões de brasileiros já completaram a vacinação contra a covid-19 - ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Até o momento, 39 milhões de brasileiros já completaram a vacinação contra a covid-19 Imagem: ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o VivaBem, em São Paulo

28/07/2021 20h05Atualizada em 28/07/2021 21h10

Desde janeiro, 39.493.648 brasileiros receberam a segunda dose ou a dose única da Janssen, o que representa 18,65% da população brasileira completamente imunizada contra a covid. Os dados foram levantados pelo consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte, com base nas informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

A primeira dose de imunizante foi aplicada em 876.503 brasileiros entre ontem e hoje. Nesta fase inicial, o total de vacinados chegou a 98.202.468, o equivalente a 46,38% da população nacional. Nas últimas 24 horas, 736.791 pessoas tomaram a segunda dose. Neste mesmo período, a dose única da Janssen foi aplicada em 52.587 brasileiros.

O Brasil conta com quatro tipos de vacina contra a covid-19 à disposição. A recomendação dos laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech é de aplicar duas doses de seus imunizantes para um combate mais eficiente à doença. No caso da fabricante da Janssen, a indicação é de apenas uma dose.

Proporcionalmente, o estado de São Paulo segue na liderança entre aqueles que mais vacinaram com a primeira dose: 55,94% de sua população.

Mato Grosso do Sul continua na liderança entre aqueles que, em termos percentuais, contam com a maior parcela de sua população com vacinação completa —isto é, receberam a segunda dose ou a dose única: 32,09% de seus habitantes,

Vacinação primeira dose 28/7 - UOL - UOL
Imagem: UOL

Queiroga diz que vacina pode ser anual

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que trabalha com a possibilidade de a aplicação da vacina contra covid-19 ocorrer anualmente. Em entrevista à CNN Brasil, Queiroga afirmou que o Brasil precisa se preparar para produzir imunizantes e atender a essa possível demanda.

"É possível que [a pandemia do novo coronavírus] se torne uma endemia e que tenhamos que vacinar a população brasileira anualmente. Por isso, é necessário fortalecer o nosso complexo industrial da saúde, para que tenhamos condição de produzir vacinas suficientes no Brasil. Não só o IFA nacional, mas também o banco de células", disse.

Em maio, Queiroga já havia admitido a possibilidade de que fosse necessária a aplicação de doses anuais de vacina contra covid-19, mas fez a ressalva de que a "ciência ainda não trouxe todos esses dados".

Desde então, a discussão ganhou força, principalmente depois de o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, dizer há dez dias que a vacinação seria anual e começaria em janeiro.

Vacinação dose completa 28/7 - UOL - UOL
Imagem: UOL

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de saúde das 27 unidades da federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Você utiliza a Alexa? O UOL fornece informações à inteligência artificial por voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados do número de brasileiros vacinados contra a covid-19. Para saber sobre a vacinação no país ou no seu estado com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, quantas pessoas já foram vacinadas no Brasil?", por exemplo, ou "Alexa, quantas pessoas foram vacinadas?". Nos encontramos lá!

Saúde