PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Cidade de SP vai vacinar adultos de 29 e 28 anos na próxima semana

Vacinação e movimentação na UBS Sigmund Freud, em Moema, na zona sul de São Paulo - RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Vacinação e movimentação na UBS Sigmund Freud, em Moema, na zona sul de São Paulo Imagem: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Lucas Borges Teixeira

Do VivaBem, em São Paulo

22/07/2021 11h23

A cidade de São Paulo vai vacinar contra a covid-19 os adultos de 29 anos a partir da próxima terça-feira (27) e de 28 anos na próxima quinta-feira (29). A informação foi confirmada ao UOL pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido.

A prefeitura ainda não havia anunciado novas datas à espera de novas remessas de vacinas e o prefeito Ricardo Nunes (MDB) chegou a expressar preocupação com o calendário. Nesta semana, no entanto, estão sendo distribuídos lotes de CoronaVac e Pfizer.

Hoje, a capital está vacinando os adultos com 31 anos. Com isso, o calendário municipal fica preenchido até o último final de semana de julho. Veja as datas:

  • Amanhã (23): 30 anos
  • Sábado (24): repescagem para grupos anteriores e campanha de 2ª dose para todos os grupos
  • Segunda-feira (26): repescagem para grupos anteriores
  • Terça-feira (27) e quarta-feira (28): 29 anos
  • Quinta-feira (29) e sexta-feira (30): 28 anos
  • Sábado (31): repescagem para grupos anteriores e campanha de 2ª dose para todos os grupos

O plano de Nunes era vacinar até 90% de toda a população adulta até o dia 30 de julho, na semana que vem, com pelo menos uma dose. A prefeitura não confirmou se, com essas faixas etárias, este plano será cumprido. Mas, segundo o prefeito, até a última terça (27), a capital já havia fechado 73% deste público.

Na semana passada, o prefeito chegou a demonstrar preocupação quanto ao avanço do calendário por possível falta de doses. A partir do final da semana passada, no entanto, o Instituto Butantan intensificou a entrega da CoronaVac e a Pfizer anunciou a chegada de 13 milhões de doses ao país até o início de agosto.

Saúde