PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Sobreviventes da covid-19 podem ter dificuldade para recuperar peso

 Marco Di Lauro/Freelancer Getty Images
Imagem: Marco Di Lauro/Freelancer Getty Images

Do VivaBem, em São Paulo

14/07/2021 15h27

Quem teve covid-19 grave pode ter dificuldade em ganhar peso após a doença, mesmo meses após receber alta, de acordo com um um novo estudo publicado no periódico Clinical Gastroenterology and Hepatology.

Sintomas gastrointestinais causados pelo vírus como diarreia, enjoo e até sangramento no trato digestivo podem contribuir para a perda de peso.

Além disso, para os pacientes com estágios mais graves da doença, as longas internações no hospital — e todo o tempo passado deitado, se alimentando por sonda — também são responsáveis pela perda de grande parte da massa muscular e gordura.

Como o estudo foi feito

A equipe analisou os registros de mais de 17.000 pacientes hospitalizados por covid-19 entre março de 2020 e janeiro de 2021.

Quase um quinto das pessoas tinha problemas gastrointestinais quando chegaram ao hospital.

Na maioria das vezes, isso significava gastroenterite, uma inflamação no trato digestivo que causa sintomas como náuseas, cólicas e diarreia. Além disso, muitos outros pacientes desenvolveram sangramento gastrointestinal, enquanto um pequeno número apresentou inflamação no pâncreas, que pode causar dor abdominal e vômitos.

Outro problema comum era a desnutrição — mais comum quando para quem passou por longo período de internação.

De acordo com os pesquisadores, dos pacientes que ficaram desnutridos durante o tempo passado no hospital, uma porcentagem significativa ainda estava tendo problemas para recuperar o peso seis meses depois.

A análise aponta que não há uma explicação clara. Os pesquisadores apontam que há pacientes com perda persistente de peso que dizem estar tentando engordar — até com a ajuda de suplementos — mas não conseguem.

"A incapacidade de ganhar peso em pacientes com diagnóstico de covid-19 e desnutrição é um sintoma persistente que merece mais atenção. Esses pacientes devem ser acompanhados por nutricionista. Pesquisas futuras precisam identificar o mecanismo pelo qual esses pacientes não conseguem ganhar peso. Além disso, analisaremos os dados de acompanhamento de 1 ano para determinar se isso resolve dentro deste intervalo de tempo", afirmou a equipe em release do periódico científico.

Saúde