PUBLICIDADE

Topo

Prefeitura de SP antecipa vacinação contra covid-19 para 38 e 37 anos

Nathan Lopes

Do VivaBem, em São Paulo

08/07/2021 09h41Atualizada em 08/07/2021 11h45

A cidade de São Paulo antecipou a vacinação contra covid-19 para pessoas com 38 e 37 anos de idade. A informação foi confirmada ao UOL pela Prefeitura de São Paulo e pela Secretaria Municipal de Saúde da capital paulista.

Antes prevista para acontecer na segunda (12) e na terça (13), respectivamente, a imunização para esses grupos passa para amanhã (9) e segunda (12). Para hoje, está mantida a vacinação apenas para pessoas com 39 anos de idade na capital paulista.

Calendário atualizado da vacinação na cidade de São Paulo:

  • Hoje (8): 39 anos
  • Amanhã (9): 38 anos
  • Sábado (10): Repescagem (38 a 41 anos)
  • Segunda (12): 37 anos

A mudança no calendário foi decidida após o governo estadual ter anunciado nesta manhã que havia antecipado o calendário até 37 anos.

O estado paulista indicou hoje como dia para a vacinação dos grupos de 39 a 37 anos. Antes, a previsão era que a faixa de 39 anos fosse alcançada em 15 de julho. O calendário divulgado pela equipe de João Doria (PSDB) serve como referência para os municípios, que têm autonomia para definirem os dias de vacinação de cada faixa etária.

Apesar de o governo estadual indicar para hoje a vacinação para 38 e 37 anos, a prefeitura paulistana preferiu manter o calendário que definiu a vacinação apenas de pessoas com 39 anos nesta quinta. As outras faixas foram fracionadas até segunda-feira.

Segundo a secretaria municipal da Saúde, a capital tem uma população estimada de 145 mil pessoas com 38 anos. Já a faixa de 37 anos seria composta por 149 mil pessoas.

Em nota divulgada hoje, a coordenadora-geral do PEI (Plano Estadual de Imunizações), Regiane de Paula, disse que, "a cada nova remessa de vacinas, damos mais um passo no nosso plano". "Todos os adultos com 40 anos ou mais já estão com a vacinação em curso e, agora, mais uma faixa etária terá a oportunidade de se proteger contra a covid-19."

Segundo o governo paulista, "somente nesta semana, os municípios receberam mais 1,6 milhão de doses destinadas a este novo público que começa hoje".

Ontem, chegaram 2,7 milhões de doses da CoronaVac adquiridas pelo governo de São Paulo, que devem ser aplicadas exclusivamente em moradores do estado. Para o dia 26, está previsto o desembarque de mais 1,3 milhão de doses do imunizante.

Documentos

Ao comparecer ao posto de vacinação, é necessário: um documento com foto, CPF, e comprovante de residência com endereço no município de São Paulo.

O pré-cadastro no site Vacina Já, do governo estadual, não é obrigatório, mas ajuda no processo e diminui o tempo de espera.

Para receber a primeira dose da vacina, a população pode procurar as UBSs, AMAs, os megapostos ou até ir de carro aos sistemas drive thru montados. A lista com os endereços pode ser encontrada no site da Secretaria Municipal de Saúde.

Veja horário dos postos de aplicação:

  • Mega Drive Thru e Farmácia: 8h às 17h (somente para primeira dose);
  • Megaposto: 8h às 17h (somente para primeira dose);
  • Unidades Básicas de Saúde: 7h às 19h (primeira e segunda dose);
  • AMA/UBS Integradas: 7h às 19h (primeira e segunda dose)

'Xepa'

Pessoas com mais de 18 anos sem comorbidades também podem se cadastrar para receber a "xepa" das vacinas contra a covid-19 na cidade de São Paulo. A "xepa" foi o nome dado à aplicação das doses que sobram ao final do dia nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e nos postos de vacinação.

A ordem de prioridade indicada pela prefeitura é a seguinte:

  1. Lactantes sem comorbidades (até dois anos de amamentação), acima de 18 anos;
  2. Acadêmicos em saúde em estágio, independente do período de formação;
  3. Estudantes de área técnica em saúde em estágio, independente do período de formação;
  4. Pessoas com mais de 18 anos de idade.