PUBLICIDADE

Topo

Ageless Talks

Um encontro virtual da geração que desafia a idade


Sem pressa de parar: novos maduros não cogitam aposentadoria

Lia Rizzo

Colaboração para VivaBem

01/07/2021 04h00

A diversidade é pauta nas corporações. De grandes a médias e até pequenas empresas, crescem neste ambiente os esforços para inclusão de raça e gênero. Mas há ainda um ponto cego no panorama: profissionais mais maduros lidam com instabilidade após uma certa idade, são preteridos na hora da contratação e enfrentam olhares enviesados dos mais jovens.

E o etarismo é realidade também fora do ambiente corporativo, esse foi o tema do quarto painel do Ageless Talks, evento realizado por VivaBem na última semana.

Ocorre que quem chega ali na faixa dos 50+ parece, atualmente, não ter qualquer pressa de parar. Este público segue ativo, consumindo, vive mais e, portanto, quer viver melhor e seguir no mercado.

Apresentado por Tatiana Schibuola, gerente geral de marcas editoriais do UOL, o painel "Nada de Parar: eles seguem produzindo e se reinventando" foi dedicado a discutir este panorama.

Uma unanimidade neste quase um ano e meio de pandemia, Teresa Cristina, 53, cantora e apresentadora no UOL, embalou muitos com suas lives diárias no Instagram, foi capa de revista de moda e conquistou o primeiro grande patrocínio: quase tudo logo após completar 52 anos de idade e algumas décadas de carreira.

"Não imaginei o que aconteceria quando comecei as lives. Para mim era um remédio, um alento no momento de desespero", afirmou Teresa, que sentiu já nos primórdios da pandemia que o setor artístico seria dos mais afetados, mas não se sentiu limitada por ser uma mulher mais madura.

Embora Teresa concorde que a questão da idade seja algo para se preocupar no Brasil, ela acredita que o passar dos anos faz muito bem para a arte e foi algo que ajudou a aperfeiçoar sua performance.

"Em meu lugar de artista tenho exemplos de muitas que apontaram para a vida artística aos 70, 80 anos, como dona Ivone Lara, que passou a cantar após se aposentar do serviço social", lembrou a cantora.

No radar de marcas e mercado

Criadora de conteúdo digital, Consuelo Blocker, 57, foi pioneira quando, há pouco mais de dez anos, começou um blog sobre estilo de vida e dicas de viagem. Na época, as influenciadoras desta seara eram majoritariamente meninas endinheiradas, cheias de postagem de "looks do dia" e muito jovens.

O fato de falar sobre assuntos rotineiros, mas na perspectiva de uma mulher mais madura, tornou Consuelo uma referência para este público.

Anos mais tarde, entrou inclusive no radar das marcas de moda, passando a desenvolver as chamadas "colabs", coleções de vestuário em colaboração com as confecções —algo impensável para mulheres mais velhas quando seu blog nasceu.

"Para mim não é uma questão de idade. Sempre quis me energizar compartilhando minhas experiências, com divórcio, trabalho e pandemia. Acho que foi uma forma de me atualizar, adaptar, sem ver limites na idade ou até no fato de ser mulher", afirmou.

Sempre na vanguarda de formatos e conteúdos, o jornalista Marcelo Tas, 61, que atua também como professor de cultura digital, reforçou o coro de que a idade cronológica não é limite para a reinvenção profissional.

"Acredito inclusive que vamos afinando nossos desejos. Percebi ao longo do tempo que gosto de ajudar a entender as coisas, por exemplo. E encontrei assim outras formas de contribuir", refletiu.

E aconselhou: "todos precisamos aprender a viver no presente, pois vamos perdendo essa habilidade ao longo do tempo."

Ageless Talks 2021

Patrocinado por Vitasay e com apoio de Bigfral Moviment, o Ageless Talks é um encontro da geração que passou dos 45 anos para falar de corpo, mente, vitalidade, sexualidade. Confira abaixo como foi a segunda edição do evento (clique no nome de cada painel para assisti-lo no Youtube).

PAINEL 1: ETARISMO: O PRECONCEITO COM A IDADE QUE AFETA A SAÚDE
Com Carla Vilhena, jornalista; Nany People, humorista; e Alexandre da Silva, doutor em saúde pública e especialista em envelhecimento. Mediação de Cris Guerra, escritora e comunicadora.

PAINEL 2: SEXO E LIBIDO NA MATURIDADE: TUDO QUE VOCÊ QUERIA PERGUNTAR
Com Adriane Galisteu, atriz e apresentadora; e Jairo Bouer, especialista em sexualidade. Mediação de Gisele Vitória, jornalista.

PAINEL 3: DITADURA DA ACEITAÇÃO X DITADURA DA ETERNA JUVENTUDE: COMO ABRAÇAR A BELEZA DA MATURIDADE SEM NEURAS
Com Bruna Lombardi, atriz e palestrante; Claudia Liz, artista multimídia; Mônica Moura, modelo e atriz. Mediação de Fabi Gomes, colunista e apresentadora em Universa.

ENTREVISTA: MÔNICA MARTELLI FALA SOBRE ENVELHECIMENTO, SEXO E MENOPAUSA

PAINEL 4: NADA DE PARAR: ELES SEGUEM PRODUZINDO, EMPREENDENDO E SE REINVENTANDO
Com Marcelo Tas, jornalista; Teresa Cristina, cantora e compositora; e Consuelo Blocker, influenciadora digital. Mediação de Tatiana Schibuola, gerente geral de marcas editoriais do UOL.

PAINEL 5: MATURIDADE EM FORMA - COMO EVITAR GANHO DE PESO E SE MANTER ATIVO DEPOIS DOS 45 ANOS
Com Silvia Poppovic, jornalista e apresentadora; Otaviano Costa, ator e apresentador; e Márcio Lui, personal trainer. Mediação de Silvia Ruiz, jornalista e e autora da coluna Ageless

ENCERRAMENTO: ANGELA DIPPE FAZ UM DISCURSO CHEIO DE HUMOR SOBRE ENVELHECIMENTO.