PUBLICIDADE

Topo

VivaBem

Vacinação em São Paulo volta amanhã; veja como ficou o calendário

Do UOL, em São Paulo

22/06/2021 18h40Atualizada em 22/06/2021 21h03

O secretário de Saúde da cidade de São Paulo, Edson Aparecido, garantiu hoje que a vacinação contra a covid-19 voltará ao normal na cidade amanhã. Edson Aparecido foi entrevistado pelo UOL News.

Houve uma mudança nas datas. Ontem à noite, quando informou que a vacinação seria suspensa hoje por falta de doses, a prefeitura divulgou que pessoas de 45 a 47 anos seriam vacinadas a partir de sexta (25). De acordo com o calendário publicado hoje, quem tem 45 e 46 anos será vacinado a partir da próxima segunda (28).

A aplicação de doses foi suspensa no dia de hoje por falta de vacinas. Segundo o secretário, o município recebeu 181.600 doses do imunizante da CoronaVac e 30 mil doses do da Astrazeneca, que já foram distribuídos para as unidades. As vacinas da CoronaVac serão usadas na aplicação de primeiras doses e as da Astrazeneca será usada para a segunda dose.

Apesar da breve paralisação, Edson Aparecido afastou a possibilidade de que a vacinação seja interrompida novamente ou de que o cronograma sofra atraso. "A cidade de São Paulo nunca utilizou segunda dose como primeira dose. Nós acreditamos que a gente vá ter regularidade. Hoje nós fizemos esse reabastecimento das nossas unidades e a vacinação volta ao normal a partir de amanhã", afirmou.

Desde que começamos a vacinação no dia 19 de janeiro, nunca tivemos essa intercorrência. Temos capacidade para vacinar 600 mil pessoas por dia, na medida que o ministério da Saúde for nos repassando doses, nós vamos aplicando, acredito que não teremos essa intercorrência".

Veja o calendário que consta no site da Secretaria Municipal de Saúde:

  • 49 anos - a partir de 23/06
  • 48 anos - a partir de 24/06
  • 47 anos - a partir de 25/06
  • 46 e 45 anos - a partir de 28/06
  • 44 e 43 anos - a partir de 29/06
  • 42 anos - a partir de 30/06
  • 41 anos - a partir de 05/07
  • 40 anos - a partir de 08/07

O secretário falou ainda que o município "seguramente" vai cumprir a previsão do governo do estado de vacinar com a primeira dose toda a população acima de 18 anos.

"O município vai acompanhar esse calendário (do governo do estado). O cumprimento deste calendário até 15 de setembro é muito importante e o esforço que está sendo feito é para que a gente consiga cumprir", disse.

VivaBem