PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Covid: Brasil atinge 24,1 mi vacinados com duas doses, 11,41% da população

Brasil chegou à marca de 24,1 milhões de vacinados com duas doses contra a covid-19 - Adriano Ishibashi/Estadão Conteúdo
Brasil chegou à marca de 24,1 milhões de vacinados com duas doses contra a covid-19 Imagem: Adriano Ishibashi/Estadão Conteúdo

Colaboração para o VivaBem, em São Paulo

18/06/2021 20h04

Nesta sexta-feira (18), o Brasil alcançou a marca de 24,1 milhões de vacinados com duas doses de imunizante contra a covid-19. Até o momento, 24.171.806 pessoas receberam a dose de reforço da vacina contra a doença, o que corresponde a 11,41% da população nacional. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte, com base nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

A primeira dose de vacina foi aplicada em 1.478.344 brasileiros entre ontem e hoje, elevando para 61.859.364 o total de imunizados nesta etapa inicial —o equivalente a 29,21% da população do país. Nas últimas 24 horas, outros 86.229 receberam a segunda dose.

Os laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech recomendam a aplicação de duas doses de vacina para um combate mais eficiente à doença.

Proporcionalmente, Mato Grosso do Sul continua na liderança entre os estados que mais aplicaram a primeira dose: 36,84% de seus habitantes.

O Rio Grande do Sul permanece à frente entre aqueles que, em termos percentuais, mais vacinaram com a segunda dose: 14,5% da população local.

Vacinação primeira dose 18/06 - UOL - UOL
Imagem: UOL

Pesquisa aponta que vacina evitou morte de 43 mil idosos

A vacinação contra a covid-19 evitou a morte de mais de 43 mil idosos de 70 aos 79 anos no Brasil. O levantamento foi realizado por pesquisadores da Universidade de Harvard, dos Estados Unidos, e UFPel (Universidade Federal de Pelotas), no Rio Grande do Sul. Os cientistas estimaram que o avanço das imunizações seja o fator responsável pela prevenção dos números de óbitos em um intervalo de 13 semanas.

Os cálculos revelaram um declínio progressivo na proporção de mortes pela doença nessa faixa de idade caiu de 28% para 16%. Entre os idosos com mais de 80 anos, os números declinaram de 28% para 12%.

Para as pessoas de 70 a 79 anos, a cobertura vacinal com a primeira dose atingiu metade da população nessa faixa etária na última semana de março, alcançando 90% na primeira metade de maio. Foi a partir dessa cobertura que o grupo de pesquisadores conseguiu identificar a queda no número de mortes.

Vacinação segunda dose - 18/06 - UOL - UOL
Imagem: UOL

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de saúde das 27 unidades da federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Você utiliza a Alexa? O UOL fornece informações à inteligência artificial por voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados do número de brasileiros vacinados contra a covid-19. Para saber sobre a vacinação no país ou no seu estado com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, quantas pessoas já foram vacinadas no Brasil?", por exemplo, ou "Alexa, quantas pessoas foram vacinadas?". Nos encontramos lá!

Saúde