PUBLICIDADE

Topo

Paes acelera datas da vacinação no Rio e 'provoca' Doria: 'Passamos'

Rio mudou datas da imunização contra a covid-19 e prevê vacinar todos os adultos até o fim de agosto - Reprodução/Youtube
Rio mudou datas da imunização contra a covid-19 e prevê vacinar todos os adultos até o fim de agosto Imagem: Reprodução/Youtube

Do UOL, em São Paulo

18/06/2021 10h23Atualizada em 18/06/2021 11h10

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), comemorou a antecipação do calendário da vacinação contra a covid-19 na capital fluminense, dizendo que "vai ter Carnaval" em 2022 e brincando com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

"Passamos o João Doria! Falei para não me desafiar!", disse em um post no Twitter, fazendo referência a uma "briga do bem" para ver quem vacina mais pessoas contra a covid-19 em menos tempo.

Bora vacinar! Todos os cariocas acima de 18 anos vacinados com a primeira dose até 31 de agosto. E adolescentes de 12 a 17 vacinados em setembro! Ninguém segura os cariocas! Eduardo Paes (PSD), prefeito do Rio

Em resposta, Doria parabenizou Paes pela antecipação do calendário vacinal contra o novo coronavírus no Rio, mas pediu que o prefeito carioca o "aguarde". "Como falei, temos vacina na agulha!", declarou.

Na última quarta-feira (16), Paes e Doria trocaram mensagens em tom de brincadeira no Twitter, em uma disputa para ver quem vacina mais em menos tempo. "Manda vacina que ninguém espeta mais rápido do que eu", tuitou o prefeito carioca.

"Já já eu passo ele (Doria)! Enquanto isso, o Eduardo Leite (governador do Rio Grande do Sul, do PSDB) está na frente e o Flávio Dino (governador do Maranhão, sem partido) está dando prêmio para quem vacinar. Vê se pode?", declarou.

Mudanças

O calendário anterior da Prefeitura do Rio previa vacinar todos os adultos até 21 de outubro, sem citar os adolescentes. Até o fim de junho, pessoas com 47 anos ou mais poderão se vacinar na capital fluminense.

Paes também anunciou que as gestantes e puérperas — mulheres que deram à luz até 45 dias — acima de 18 anos também poderão se vacinar no município entre os dias 21 e 26 de junho.

"A regularidade da entrega de vacinas, a eficiência da logística da secretaria municipal de saúde e no nosso processo de vacinação me permitiu ontem, dia 17 de junho, antecipar essa vacinação", declarou Paes em entrevista, nomeando o calendário anterior como "conservador".

Afinal, quem vacina mais?

De acordo com dados compilados hoje pela Secretaria de Saúde do Rio, 39,4% da população carioca já foi coberta com a primeira dose contra o novo coronavírus, enquanto 14,4% já recebeu a segunda aplicação.

Já segundo dados compilados ontem pelo consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, 32% da população de SP já recebeu a primeira dose contra a covid-19, enquanto 12,9% já completou a imunização ao receber a segunda aplicação.

Em relação ao estado, a vacinação na capital carioca está mais adiantada do que no RJ. 23,2% da população fluminense já recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19, enquanto 10% já completou a imunização.

De todo modo, o estado que lidera a imunização com a primeira dose contra a covid-19 no Brasil é o Mato Grosso do Sul, com 36,6% de cobertura vacinal. O RS vem logo atrás, com 35,4%.

Já sobre a aplicação da segunda dose, a primeira e a segunda colocação se invertem: o Rio Grande do Sul lidera, com 14,5% de cobertura vacinal, enquanto o MS vem na sequência, com 14%.