PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Prefeitura nega que 'marca' seja motivo de recusa da vacina em Ponta Grossa

Profissionais de Saúde se negaram a receber a vacina no Paraná  - Fernando Zhiminaicela/ Pixabay
Profissionais de Saúde se negaram a receber a vacina no Paraná Imagem: Fernando Zhiminaicela/ Pixabay

Thaís Augusto

Do UOL, em São Paulo

17/06/2021 17h24

A Prefeitura de Ponta Grossa, no Paraná, negou que cinco profissionais da saúde do município tenham se negado a receber a vacina contra covid-19 em razão do fabricante do imunizante.

Em nota, a administração municipal informou que a recusa se deu por "motivos pessoais", que nada tiveram a ver com a "marca" da vacina. Os profissionais se negaram a receber qualquer dose da imunização.

As cinco pessoas precisaram assinar um termo de recusa, informando os motivos da decisão. Elas não tiveram sua área de atuação revelada.

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria municipal de Saúde, Ponta Grossa tem quase 140 mil pessoas vacinadas. A população total da cidade é de 336 mil habitantes.

Até ontem, foram contabilizados 43.109 casos e 1.034 mortes confirmadas pela doença no município.

Saúde