PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Saúde anuncia chegada de 3,2 mi de doses da vacina da Pfizer até domingo

Brasil deve receber mais 3,2 milhões de doses da Pfizer e do consórcio Covax Facility - Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Brasil deve receber mais 3,2 milhões de doses da Pfizer e do consórcio Covax Facility Imagem: Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Do VivaBem, em São Paulo

15/06/2021 15h04Atualizada em 15/06/2021 23h01

O Ministério da Saúde confirmou na tarde de hoje que o Brasil receberá na próxima semana mais lotes das vacinas contra a covid-19. Serão quatro remessas, todas da vacina da Pfizer/BioNTech, que somam 3,2 milhões de doses.

Serão entregues 2,4 milhões entre hoje e quinta-feira como parte do acordo com a farmacêutica norte-americana. Já outras 842,2 mil doses têm previsão de chegada no domingo, mas que integram o acordo com o consórcio Covax Facility, liderado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e pela aliança GAVI.

Até o final do ano, o contrato com a Covax prevê 42,5 milhões de doses. O consórcio global já enviou mais de 5 milhões de doses ao Ministério da Saúde para acelerar o ritmo da imunização contra o coronavírus.

Os primeiros imunizantes que chegaram ao Brasil pelo consórcio foram fabricados pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. A produção desses imunizantes foi feita na Coreia do Sul.

Já o acordo específico com a Pfizer prevê a entrega de ao menos 200 milhões de doses. Os lotes desta semana fazem parte do contrato de 100 milhões de doses, assinado em março deste ano.

O primeiro lote, com mais de 530 mil doses, desembarcou hoje no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Outras duas remessas, com 936 mil doses cada, desembarcam no país na quarta-feira (16) e quinta-feira (17).

Números de vacinados no Brasil

Até ontem, o Brasil havia registrado a marca de 23,7 milhões de pessoas vacinadas contra a covid-19 com as duas doses. Os números foram levantados pelo consórcio de imprensa do qual o UOL faz parte, que apura informações junto às secretarias estaduais de saúde.

Esse total é referente a 11,21% da população do Brasil. A primeira dose foi aplicada ontem em 1.133.108 pessoas, com um total de 55.740.512 imunizados nesta etapa inicial — o que representa 26,32% da população do país entre o domingo (13) e ontem.

Outras 3.333 receberam a dose de reforço nas últimas 24 horas. Acre, Alagoas e Rio de Janeiro não enviaram dados atualizados sobre a vacinação até o fechamento do boletim do consórcio.

Os laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech recomendam a aplicação de duas doses de vacina para uma melhor eficiência contra a doença. O Ministério da Saúde tem seguido o protocolo e aplicado os imunizantes em duas etapas.

Saúde