PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Principal vantagem da vacina ButanVac é autonomia, diz gerente da Anvisa

Gerente-geral de Medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes - Divulgação/Conselho Federal de Farmácia
Gerente-geral de Medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes Imagem: Divulgação/Conselho Federal de Farmácia

Do Viva Bem, em São Paulo

10/06/2021 13h10Atualizada em 10/06/2021 13h10

O gerente-geral de medicamentos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Gustavo Mendes, afirmou hoje que a principal vantagem da ButanVac é autonomia. A vacina contra a covid-19 está sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan e recebeu ontem aval para o início dos testes clínicos em humanos.

"Tem o fato de que vai ter desenvolvimento todo no Brasil e que vai trazer mais autonomia no sentido de que o Butantan vai produzir o IFA [insumo importado para vacinas]. Essa é a principal vantagem", afirmou Mendes em entrevista à GloboNews.

Ele explica que a ButanVac é uma vacina que se propõe a atuar contra variantes. "É uma tecnologia de desenvolvimento que prevê a possibilidade de enfrentar uma gama maior de variantes, inclusive as variantes que estão por vir. Por isso é uma vacina mais abrangente".

Mesmo distante de uma aprovação para uso emergencial, o Instituto Butantan iniciou a produção da ButanVac. No início da semana, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que já foram produzidas 7 milhões de doses da vacina, estocadas no Instituto Butantan.

A atual fase, de testes clínicos em humanos, foi dividida em 3 partes, explica o gerente da Anvisa. "Na primeira fase, se coloca um grupo pequeno e se preocupa em saber os eventos adversos. Serão testadas 3 doses diferentes com concentrações de ativos diferentes para saber qual vai ter a melhor resposta. A partir disso vamos seguir para as próximas etapas".

Saúde