PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Marília Mendonça cogita retirar excesso de pele; quando é necessário?

Imagem: Reprodução/Instagram@mariliamendoncacantora
Imagem: Imagem: Reprodução/Instagram@mariliamendoncacantora

Danielle Sanches

Do VivaBem, em São Paulo

11/03/2021 13h24

Respondendo às perguntas dos fãs em seu Instagram, Marília Mendonça afirmou que pensa em passar por cirurgias estéticas para retirar o excesso de pele após perder peso.

A cantora, que já passou por uma abdominoplastia (cirurgia que retira sobras de pele da região do abdome), declarou que pretende passar pelo procedimento mais uma vez no futuro. "Eu tenho objetivo de perder mais peso e aí sei que quanto mais eu perco, mais pele tenho. Talvez, em algum momento, eu refaça algumas partes dessa cirurgia. Talvez tenha que puxar de novo a pele", acrescentou.

Ela também afirmou que gostaria de passar por uma mamoplastia (cirurgia que retira o excesso de pele das mamas e as reposiciona, com a possibilidade de colocar próteses de silicone também) para "colocar no lugar de novo" depois de amamentar— ela é mãe de Léo, de 1 ano.

Pele não volta após perda de peso

O excesso de pele acontece porque, quando a pessoa engorda, o tecido estica para cobrir a área que aumentou com o acúmulo de gordura. Mas, ao emagrecer, a pele não consegue se retrair da mesma forma e acaba ficando flácida.

É o caso, por exemplo, de pessoas que emagrecem muito— com a ajuda de uma bariátrica ou naturalmente— e ficam com sobras de pele especialmente em áreas como abdome, seios, braços e coxas.

O mais indicado então é buscar um cirurgião plástico para remover esse excesso. Dependendo da condição de saúde do paciente, é possível realizar algumas cirurgias ao mesmo tempo, como a retirada de pele da barriga junto com a das mamas. No entanto, por conta de questões de segurança, muitos optam por fazer uma cirurgia de cada vez.

Todo mundo que emagrece muito precisa passar pela cirurgia?

Não. Nem todo mundo que perde uma grande quantidade de peso sofre com o excesso de pele, já que isso também sofre influência de fatores genéticos. Alguns cuidados também podem ajudar a minimizar o problema:

  • Fazer musculação para reduzir a flacidez do corpo;
  • Hidratar-se bem ao longo do dia para manter a pele saudável, firme e elástica;
  • Alimentar-se de maneira saudável, priorizando o consumo adequado de nutrientes que estimulam a produção de colágeno e são benéficos para a pele, como vitamina C, E e D, proteínas e cálcio;
  • Realizar massagens e procedimentos dermatológicos que estimulam a produção natural de colágeno.

Cirurgia não é só pela estética

Remover o excesso de pele não é só uma questão de estética, já que o aspecto do excesso de pele no corpo pode abalar a autoestima e prejudicar a saúde mental da pessoa.

Há, ainda, prejuízos físicos: dependendo da quantidade de sobra de pele, esse excesso pode dificultar a higienização do corpo, provocando mau cheiro e favorecer o aparecimento de infecções e assaduras.

Para realizar a operação reparadora, o paciente deve estar com o peso estabilizado e procurar um cirurgião plástico de confiança.

* com informações de Thamires Andrade em reportagem de 20/04/2018; e reportagem de 01/12/2018.

Saúde