PUBLICIDADE

Topo

Ele trabalhava como Papai Noel e perdeu 61 kg: "Bom velhinho ficou fitness"

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Roseane Santos

Colaboração para o VivaBem

24/12/2020 04h00

Com 150 kg, o ator Marcílio Amorim, 42 anos, sempre teve o Palhaço Tonelada e o Papai Noel entre seus principais personagens. Após emagrecer um pouco devido à rotina intensa de ensaios para uma peça de teatro e a começar um relacionamento com uma pessoa que gostava de atividade física, ele decidiu mudar hábitos e chegou a 99 kg —mas manteve o trabalho como bom velhinho

Como Emagreci - Marcilio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

"Já nasci grandão e, aos 2 anos, fiz um tratamento com corticoide para combater a asma, que potencializou minha obesidade. Desde então, sempre estive acima do peso, mas tentei lidar da melhor forma possível com minha condição. Quando era jovem, mesmo pesando mais de 100 kg, eu me sentia leve.

Gostava muito de comer e não me alimentava de coisas saudáveis. Meu cardápio era composto por refrigerante, pão, chocolate, pizza, biscoito recheado, cachorro-quente, sorvete...

Como Emagreci - Marcilio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Assim, meu peso foi só aumentando e cheguei a pesar 160 kg. Quer dizer, acho que cheguei a isso, pois as balanças de farmácia só registravam até 150 kg. Eu tinha de me pesar escondido em balanças de mercado atacado, que pesavam sacos de alimento. Então, o máximo que vi foi 160 kg, mas pode ser que meu peso passou disso e não fiquei sabendo.

Com esse corpinho de três dígitos, em minha profissão de ator os personagens estavam sempre associados ao excesso de peso, é óbvio. Fiz o Palhaço Tonelada, o Coelhinho Janjão e o Papai Noel —inclusive, há de duas décadas trabalho sendo o bom velhinho em shoppings no Rio Grande do Norte, onde moro.

Como Emagreci - Marcilio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

O ponto de partida para meu emagrecimento foi justamente minha profissão. Em 2017, fui chamado para integrar o elenco da peça de teatro "Meu Seridó". O convite me levou a nove meses de ensaios exaustivos para o espetáculo. Mesmo sem fazer dieta, perdi 15 kg no período de preparação e apresentações. Isso me motivou a tentar mudar ainda mais o corpo.

Logo depois, comecei um relacionamento com uma pessoa muito ligada à atividade física. A rotina dele me inspirou a entrar na academia. A relação com o esporte e o hábito de treinar que adquiri foram fazendo, aos poucos, eu repensar minha alimentação. Então, busquei um nutricionista esportivo que organizou minha dieta, procurando conciliar uma alimentação saudável com aquilo que eu gostava de comer.

Como Emagreci - Marcilio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

O maior erro que precisei corrigir foi parar de comer tarde da noite —principalmente porque nesse horário geralmente eu 'atacava' salgadinhos, doces, pizzas, lanches e outras fast-food. Meu cardápio passou a ter muitas frutas, verduras, carnes. Alimentos que chamamos de 'comida de verdade'.

Com muito foco no treino e na dieta, em maio de 2019 cheguei a 99 kg. Quando me vi magro, fiquei com medo de perder o trabalho que fazia há 24 anos como Papai Noel, mas isso não aconteceu. No ano passado, fiz um teste em um shopping que aceitou ter um bom velhinho fitness. Agora em 2020, também consegui trabalhos virtuais como Papai Noel, em lives ou gravando vídeos personalizados, além de alguns presenciais.

Após emagrecer, tudo mudou na minha vida. Passei um tempo me readaptando as minhas novas dimensões corporais. Em muitas situações pensava como se ainda pesasse 160 kg. Também tive uma espécie de distorção da minha imagem: me via magro nas fotos e gordo no espelho. Foi bem difícil. Agora, durante a pandemia, entrei em crise ao ver minha imagem nas gravações e exibições da peça no YouTube. Mas isso foi se aliviando com as seis exibições online do espetáculo.

Como Emagreci - Marcilio Leg Press - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Uma das conquistas que Marcílio comemorou após emagrecer foi conseguir levantar 100 kg no aparelho leg-press
Imagem: Arquivo pessoal

A pandemia trouxe incertezas sobre o futuro, pois o isolamento gera ansiedade e traz gatilhos para o pecado da gula. Mas tento seguir focado na boa alimentação e fazendo ao menos uma hora de musculação três vezes por semana. Esses dias, comemorei o fato de levantar 100 kg no equipamento de musculação chamado leg-press. Parece até brincadeira um cara que passou 40 anos da vida sustentando mais de 100 kg sob as pernas comemorar esse tipo de conquista. Mas para mim foi uma vitória!

Como Emagreci - Marcilio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

E essa não foi a única conquista que o novo peso e estilo de vida me permitiram celebrar. Hoje, respiro melhor, durmo melhor, acordo mais bem-disposto. Tenho mais ritmo, mais disposição, mais vontade de víver. É impressionante como uma horinha de academia influencia nas outras 23 horas do dia.

Todo esse processo me fez acordar para a vida. Parecia que eu tinha desistido de mim. Agradeço todos os dias por ter conseguido reunir forças para me dedicar e alcançar meu objetivo. Eu consegui! Ho-Ho-Ho!"